terça-feira, setembro 23, 2008

Bombardeio de pesquisas e informações

Os dois lados mais polarizados já perceberam que estão se estreitando as chances da eleição ser decidida no primeiro turno. Também está diminuindo a faixa dos indecisos e daqueles que podem pender para um lado ou outro. Estes votos podem valer dois se a escolha pender para um dos lados polarizados. Para tentar influenciar este pequeno, mas decisivo percentual, os dois grupos já fazem um intenso bombardeio de informações sobre apoios, pesquisas internas, etc. que demonstrem a força sobre o adversário. Ambos temem o crescimento do nome de Odete. Eles sabem que, da mesma forma que ela pode ocupar o espaço dos indecisos e de uma parcela que antes estava pendendo para o voto nulo ou branco, ela pode também avançar sobre os votos dos dois primeiros, na medida em que estes partem para a agressão mútua. É bom não esquecer que pesquisas qualitativas e quantitativas feitas, antes do início oficial do processo eleitoral indicavam um altíssimo índice da população campista que almejava mudanças mais radicais na política em Campos. Os candidatos a vereador, com raríssimas exceções, nesta altura do processo eleitoral, já entraram na fase pragmática, não fazendo nenhuma questão de honrar e bancar o candidato majoritário da sua coligação. Assim, tentam apenas ocupar o espaço e voto que é o quê lhe interessa. Mesmo aqueles que já tomaram conhecimento que não têm nenhuma chance de se eleger, sabem que o trunfo que levarão ou não para negociar à frente com quem vença a disputa para o executivo é o seu portfólio de votos. Tudo isso torna os próximos passos decisivos. Os patrocinadores das campanhas também ficam nervosos porque sem a certeza, ou, pelo menos uma tendência mais forte sobre quem vai vencer as eleições, eles, ou decidem por dar recursos aos dois, ou a nenhum, na espera de melhor definição sobre o quadro. Acompanhemos, pois, os próximos desdobramentos.

Pesquisas para vereadores em Campos

Por conta de algumas notas aqui postadas, sobre a eleição de vereadores, o blog tem sido bombardeado de perguntas sobre quem tem ou não chances na eleição do próximo dia 5 de outubro. O blog tem a intenção, como fez em 2004, de publicar, ainda antes das eleições, uma lista de quem tem chances. Na eleição passada, o blog só não acertou a indicação de um dos dezessete eleitos, que foi a vaga do Marcos Alexandre, avaliada pelo blog que as chances eram maiores para a Cecília Ribeiro Gomes. Além disso, o blog também havia afirmado que a eleição no PSDB estava muito disputada entre Otávio Cabral, que foi eleito, e Sérgio Diniz que perdeu a reeleição por dois votos. Todas as demais quinze vagas o blog acertou. Antes, porém é preciso esclarecer ao leitor algumas questões para que todos possam acompanhar melhor como se dá esta análise. Quanto mais gente passa a conhecer este processo, melhor para a democracia. Qualquer pesquisa, enquete ou coisa que o valha para verificar as intenções de voto para vereador é sempre muito imprecisa. Mesmo com o interesse de se trabalhar sério, baseado numa distribuição da coleta de dados por zonas eleitorais proporcional à distribuição das inscrições do eleitor, obedecendo aos percentuais por sexo, idade, renda, etc. a amostra sempre será um indicativo e nunca uma certeza. Há bairros ou distritos em que quase todas as casas possuem placas, daí que, ao escolher o domicílio do pesquisado, o entrevistador já estará induzindo o resultado do que seria uma amostra. Ainda assim, a repetição das pesquisas, de diferentes institutos, unidas a uma análise qualitativa por coligação é possível, num exercício, se chegar a uma expectativa de números de vereadores a serem eleitos por coligação e depois dentro de cada uma delas, se avaliar quem tem chances e quem está apenas como figurante. Nesta altura do processo eleitoral é possível dizer que um pouco mais da metade das dezessete cadeiras já teriam seus donos praticamente definidos, a outra parte, sete a oito vagas, estariam sendo disputadas por não mais que trinta candidatos. Desta forma é possível concluir que dos 288 candidatos, cerca de trinta ainda estão na disputa, o restante fazem apenas figuração e trabalhando apenas para um currículo futuro.

Quatro por duas vagas

A definição do PSDB de excluir a legenda para três vereadores com mandato, por conta de posições políticas em relação à eleição majoritária, deverá garantir para outros dois, que estão em outros partidos, a cadeira na eleição deste ano. Dois dos três abraçaram candidaturas de vereadores com mandato que assim ficaram vitaminadas para o enfrentamento dentro das suas coligações. Apenas o terceiro escolheu um assessor para substituí-lo e terá imensas dificuldades na tentativa de elegê-lo.

Cefet Campos 99 anos!

Em 23 de setembro de 1909 era inaugurada a Escola de Aprendizes e Artífices, na então rua do Mercado, depois Formosa e atual Tenente Coronel Cardoso, no local que antes era a estação de trem Campos - São Sebastião e hoje funciona a Faculdade de Direito de Campos. A iniciativa da criação de uma rede federal com unidades em quase todas as capitais dos estados brasileiros foi do campista Nilo Peçanha quando no exercício da Presidência da República. Na segunda metade da década de 60, a já escola Técnica Federal de Campos foi transferida para a rua Dr. Siqueira no Parque Dom Bosco onde hoje funciona como Cefet e até o final do ano deverá ser oficializada como IFF, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia Fluminense. Parabéns, a todos os servidores que ao longo deste período vem construindo um trabalho digno daquilo que se destina a servir ao público.

Lula e Mocaiber: exatamente ao contrário

Recordes para cima e para baixo Eles se dizem aliados e próximos, mas não no caso das pesquisas sobre aprovações e reprovações diante da opinião púbica. Enquanto a pesquisa CNT/Sensus diz que Lula é aprovado por 77,7% da população, Mocaiber foi reprovado por 74% dos campistas. A avaliação negativa de Lula é de 11,3 contra apenas 8,7% que consideram como ótimo ou bom, o governo Mocaiber, em Campos. Diante do disparate ainda há quem sonhe com um socorro presidencial.

Com Antônio do Jornal Multimídia

O Antônio Filho gravou com este blogueiro para seu programa na UniTV, canal 15 da Viacabo que será exibido ao longo desta semana. De quebra, ele também entrevistou para o seu Jornal Multimídia na grande rede. Ao lado o flagrante da entrevista.

Eduardo Paes amplia vantagem no Rio

Em pesquisa do Instituto Brasileiro de Pesquisas Sociais (IBPS), o candidato Eduardo Paes (PMDB) ampliou a vantagem, de quatro para 12 pontos percentuais, sobre o segundo colocado na disputa pela prefeitura do Rio, o senador Marcelo Crivella (PRB). Paes está com 29% das intenções de voto na consulta estimulada, contra 17% de Crivella que caiu dois pontos. Jandira Feghalli (PCdoB) continua em terceiro, com 11%, seguida de Fernando Gabeira (PV), com 8%.

Poste ambulante

A foto foi enviada pelo Paulo de Almeida Ourives com o seguinte recado:
"Professor Roberto, eis aqui um flagrante do que é a criatividade do ser humano em época de campanha eleitoral. Já que é proibido afixar cartazes de candidatos em postes públicos, que tal um poste ambulante?"

segunda-feira, setembro 22, 2008

É cada vez maior a reprovação ao governo Mocaiber

Como uma bola quente, o prefeito Mocaiber é amaldiçoado e descartado por todos, tal qual uma doença contagiosa. A explicação é simples e está baseada nos níveis de reprovação do seu governo que são estratosféricos: 74%, sendo que 45% o consideram péssimo; 19% ruim e 10% regular ruim. Apenas 8,7% da população campista consideram seu governo como ótimo ou bom, o restante fica na classificação regular ruim. Por isso e por outras o prefeito de R$ 1,5 bi sumiu de circulação no município.

Oportunidade de emprego na Fundação Cefet Campos

A superintendente da Fundação CEFET Campos, está comunicando a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado, destinado à contratação de funcionários para atendimento às demandas operacionais e administrativas da Fundação CEFET Campos, no que diz respeito à execução do Projeto Angola-Brasil. Das inscrições a. Período: 22 a 26 de setembro de 2008 b. Horário: das 9 às 18 horas c. Local: Fundação CEFET Campos (Rua. Dr. Siqueira, 321, Parque Dom Bosco, Campos dos Goytacazes/RJ)

Eleições em Carapebus, Quissamã e Búzios

Está acirrada a disputa em Carapebus. Amaro do Açougue ameaça a nova eleição do Eduardo Cordeiro. Pesquisas indicam que eles estão muito próximos na intenção de votos do eleitor. As duas últimas semanas prometem emoção. Em Quissamã nova pesquisa será divulgada no início desta nova semana. Até onde se sabe, Armando mantém a dianteira com diferença praticamente fixa em relação a Otávio e Arnaldo. Há expectativa que as coligações que apóiam Armando eleja toda a bancada de 9 vereadores. Em Búzios, o ex-prefeito, Mirinho deverá ser reeleito na disputa contra o atual Toninho Branco.

Só 8 das 13 coligações devem eleger vereadores em Campos

Destas, duas devem eleger apenas um vereador. A que provavelmente elegerá mais, fará quatro vereadores, podendo chegar até a cinco vereadores, um número expressivo para uma bancada total de 17 cadeiras na Câmara de Municipal de Campos dos Goytacazes. A candidatura mais votada deverá superar a marca dos dez mil votos.

A necessidade da identificação no ato de votação

O professor Fabio Siqueira já chamou a atenção no seu blog. Aqui vamos reforçar. São muitos os indícios e comentários sobre possíveis esquemas com a cessão de títulos eleitorais em troca de dinheiro. O comprador viabiliza um número expressivo de gente que circula pelos mais de 800 pontos de votação do município, votando no lugar dos proprietários dos títulos, dando assim, a garantia do voto pretendida por alguém indicado pelos candidatos. Para evitar problemas e suspeitas a medida é simples e pode ser baixada pelo TRE por solicitação, ou não dos responsáveis locais da Justiça Eleitoral. É só exigir um documento de identidade com foto, quando o eleitor chegar para votar em sua seção. Não há motivos para não se tomar esta medida simples, mas eficaz, em nome da democracia.

domingo, setembro 21, 2008

Helicópteros do Exército em Campos

No final da manhã, início da tarde deste domingo, cinco helicópteros do Exército sobrevoaram diversos pontos da área urbana do município de Campos. O blog não conseguiu a confirmação, mas a informação inicial é a de que toda a movimentação feita hoje faz parte do planejamento das operações que as tropas militares desenvolverão, de forma simultânea, no dia 5 de outubro, dia das eleições. A Operação Guanabara vem sendo realizada pelas Forças Armadas para coibir crimes eleitorais em áreas do estado, desde o último dia 11, tem foco maior nas comunidades de baixa renda, na região metropolitana do Rio e também em Campos.

Goytacaz no Lance!

O Goytacaz será o primeiro clube do interior a ter a promoção do periódico esportivo Lance, que dará aos torcedores, o direito a uma camisa oficial depois de doze selos e mais vinte pratas. O apaixonado e atuante Leandro Nunes é quem faz a intermediação com o Lance. Através dele recebi com honra e reponsabilidade, o convite de produzir uma crônica sobre a nossa apaixonada e tradicional torcida. Depois de ontem a tarefa fica um pouco menos difícil. Leandro disse ainda:
"Caro Roberto, Mais uma vez obrigado pela parceria nesse trabalho de divulgação com o jornal O Lance. Acredito que tenha visto pela cidade ao menos um dos 500 cartazes que foram distribuídos, além de 12 mil cartelas que estão sendo distribuídas. No estádio ontem foi uma festa, com distribuição de brindes do jornal. Nesta segunda-feira sai o primeiro selo, serão 10 e mais dois coringas, sendo assim, doze dias de selo na capa do Lance. Os anúncios começaram a sair ontem e hoje novamente foi publicado. O ator Tonico Pereira é o "garoto propaganda" e não cobrou nada para participar da nossa promoção. Estou enviando aí o anúncio da promoção. O presidente do jornal recebeu uma camisa oficial dessa nova e ficou encantado. Já afirmaram que já planejam uma nova promoção, devido ao sucesso e o retorno que já estão tendo, sendo que na próxima, com a camisa retrô, e para isso, vamos fazer uma pesquisa entre os torcedores para que possamos escolher qual seria o modelo. Ainda não temos a confirmação e muito menos data, mas já mostra mais uma vez a força dessa torcida, que ontem levou o time no colo no segundo tempo".

Acreditem!

Pelo site do TSE, o candidato do PDT à prefeitura de Campos, Arnaldo Vianna arrecadou apenas R$ 48 mil e gastou R$ 43 mil, sendo R$ 22 mil de placas e R$ 8,9 de combustível e R$ 6 mil de carros de som. Enquanto isso, Rosinha do PMDB teve receitas de R$ 137 mil e despesas de R$ 132 mil, sendo R$ 31 mil de placas, R$ 27 mil de combustíveis e R$ 25 mil de locação de veículos, entre outros. Os dois maiores arrecadadores, PDT e PMDB ainda não declararam gastos com produção de televisão e nem de rádio. Odete do PC do B arrecadou R$ 1,7 mil e gastou R$ 1,9 mil. Já, Feijó do PSDB arrecadou R$ 21,3 mil e gastou R$ 21 mil. Graciete, do PCB, declarou ter arrecadado R$ 150,00 e gasto o mesmo valor. Marcelo Vivório, do PRTB, nada declarou de receita e nem despesas, até agora. Interessante observar que enquanto isso há candidato a vereador com declaração de receita superior a R$ 50 mil.

... E por falar em índios e brasileiros...

"Mais uma vez nos encontramos na encruzilhada das eleições municipais – talvez a mais importante de todas – e paira no ar aquela sensação amarga de continuísmo crônico da desordem. Exatamente aqui, nos campos dos bravos povos goitacá de outrora e no laboratório dos engenhos de açúcar da colônia, movidos à força bruta de negros e de índios em maldição eterna. Será esse o nosso carma coletivo? Talvez sim, talvez não! Mas esta é ou não é a história de toda uma nação?" Este é o primeiro parágrafo de mais um artigo do Luiz Felipe Muniz que acaba de ser postado na íntegra na seção ao lado "Articulistas deste blog". Vale a sua conferida. Leia aqui.

"Os novos ricos de Campos: que classe é essa?"

Mais uma vez voltamos para a Rede Blog em mais este dia 21. O tema não me agrada muito, não pela crítica, ao contrário, mas porque é rebuscado e julgo que o momento exige algo mais simples. No entanto, como faz parte do script, a democracia da rede, na escolha do tema e do conteúdo da postagem, vamos em frente. Creio que seu propositor tenha querido chamar a atenção para os "donos dos royalties": a elite política local! Neste quesito, importa menos a quantidade armazenda de dinheiro, mas a forma e o que ela produz com o distanciamento cada vez maior entre as classes sociais locais e, também a deformação social de que na busca do topo, vale tudo. Já que a pergunta é: que classe é essa?, o blog provocativamente ousará classificá-la como: classe mamífera! Bebe os royalties como se leite fosse!

O custo do lixo

O jornal O Globo trouxe como princpal matéria de política os gastos que as maiores prefeituras do estado estão tendo com a prestação de serviços de coleta e tratamento do lixo. Campos mais uma vez é destaque com o valor do contrato com a Vital Engenharia (Grupo Queiroz Galvão) com um contrato mensal de R$ 4,685 milhões para recolhimeto de 3.600 toneladas de lixo por mês. Interessante foi observar que a mesma empresa presta este serviço em Niterói a um custo cinco vezes menor, de R$ 850 mil mensais, para recolhimento de 22.500 toneladas por mês, seis vezes maior que o lixo de Campos.
Mesmo sabendo que a área do município de Campos é bem maior e os serviços não envolvem exclusivamente a área urbana e, que por aqui está incluída, a tarefa de varrição, a diferença é absurda, até por ser a mesma empresa prestadora de serviço. Campos assim não sai dos jornais e sempre com matérias da má gestão pública em diferentes setores da administração municipal, reforçando o entendimento da má gestão e do desperdício do dinheiro dos royalties.
PS.: para ver a imagem em tamanho maor clique sobre ela.

Saúde é a prioridade do eleitor em praticamente todos os municípios da região

A maioria dos eleitores parece optar pelo pragmatismo, na hora da escolha do seu voto. Por conta disso, os projetos ligados à saúde são indicados por 50% como prioridade para os eleitores campistas e 37,4% dos macaenses. Em Campos, a segunda e terceira prioridades são emprego com 24% e educação com 10%. Em Macaé, a segurança pública é a segunda prioridade com indicação de 17% dos eleitores. Em algumas pesquisas que o blog teve acesso a saúde é sempre a número 1 em prioridades variando apenas o percentual das citações. Analisando o caso de Campos, ele é ainda mais grave, porque em cinco anos, o orçamento da área foi multiplicado por dez, saindo de R$ 30 milhões em 2003, para cerca de R$ 311 milhões este ano e os problemas de gestão permanecem com a população reclamando da qualidade do atendimento. O mais interessante é que em Campos, o prefeito é médico, o ex também (tirando os quatro meses de Campista), deputado federal e estadual são médicos e a bancada de médicos é amaior da história do município com cindo dos dezesste vereadores.

Diretório da FDC fará entrevistas com os candidatos a prefeito de Campos

Começa amanhã com Paulo Feijó e vai até dia 29 de setembro, com Marcelo Vivório, as entrevistas que o Diretório José do Patrocínio, da Faculdade de Direito de Campos, fará com os seis candidatos a prefeito de Campos. Veja a abaixo o horário da programação. Resta saber se eles participarão do evento:

Concerto em comemoração ao 70º aniversário da ACL

O blog recebeu o convite e o pedido para anunciar, que neste domingo, às 16 horas, no teatro Trianon, acontecerá o concerto Orquestrando a Vida e Centro de Cultura Musical. O evento será em homenagem ao 70º aniversário da Academia Campista de Letras. O blog deseja vida longa a orquestra e também à ACL.

Angolanos cantam e dançam em Machadinha...

Homenageando o MPLA

Mais uma imagem da visita dos angolanos a Quissamã realizada ontem. O membro da delegação faz questão de mostrar sua ligação com o MPLA (Movimento Popular pela Libertação de Angola) em frente ao Museu Casa Quissamã. Leonardo Vasconcelos aponta sua arma da janela da igreja na Fazenda Machadinha: Clique aqui e veja um álbum da visita dos angolanos à Quissamã, num roteiro turístico-rural-histórico e gastronômico.

sábado, setembro 20, 2008

Angolanos na Fazenda Machadinha em Quissamã

Foi emocionante a visita dos angolanos que estão fazendo o curso de Formação de Formadores, no Cefet Campos, neste sábado, na Fazenda Machadinha, em Quissamã. Antes eles tiveram oportunidade de conhecer o Museu Casa Quissamã. Depois visitaram o complexo da Fazenda Machadinha, almoçaram na Casa das Artes, onde também cantaram e dançaram com afrodescendentes que viveram naquela fazenda. Na imagem ao lado, o fotógrafo Wellington Cordeiro que recentemente esteve em Angola para buscar descendentes da localidade de Kissama que teria dado origem ao povoado que hoje é o próspero município fluminense. Abaixo mais alguns dos flagrantes da visita:

Gol da virada de 2 x 1 do Goyta contra o Sendas

Veja aqui o gol de empate do Goytacaz.

Torcida leva Goyta a virar o jogo: 2 x 1

O Goytacaz depois de perder o primeiro tempo por 1 x 0, se recuperou diante de sua apaixonada torcida com dois belos gols contra o Sendas. Assim, o Azul da rua do Gás, segue na dianteira de seu grupo na 2ª fase da Segundona do futebol no estado Rio de Janeiro.

Hoje tem Goyta no Arizão!

Pela primeira vez este ano, o Goytacaz se apresentará, diante de sua torcida. Às 15 horas, no Atizão, contra o Sendas, pela segunda fase da Segundona, o Goyta tentará se manter na liderança. A torcida poderá comemorar o uso do estádio, depois de cumpridas as exigências legais. Torçamos, pois, para o Azul da rua do Gás!

Cefet Campos prestes a inaugurar campus Cabo Frio

O Cefet Campos futuro Instituto Federal Fluminense de Ciência e Tecnologia (IFF) está prestes a iniciar as atividades no campus Cabo Frio. É o quinto campus que entra em funcionamento desta tradicional instituição de educação profissional e tecnológica, que na próxima terça-feira, 23 de setembro, completa, 99 anos de existência. Além da sede, o Cefet já tem hoje em funcionamento, o campus Macaé, que completou quinze anos, em agosto passado, o campus Guarus inaugurado ano passado e a Unidade de Pesquisa e Extensão Agro Ambiental na estrada Campos – São João da Barra, próximo à localidade de Barcelos. Com a formalização do IFF até o final deste ano, o Colégio Técnico, atualmente, ainda vinculado à UFF passará a fazer parte desta rede, junto com o campus Itaperuna que está sendo construído com previsão de início das atividades letivas em fevereiro de 2009. Por não serem consideradas inicialmente cidades-pólo, mas com o desejo das gestões municipais de também terem campus do Cefet Campos, os municípios de Quissamã e São João da Barra, hoje também disponibilizaram áreas e prédios, onde já funcionam unidades avançadas, que se imagina que possam, no futuro, na expansão da rede federal serem oficializadas como novos campus do Cefet. A expectativa do município de Quissamã é tanta nesta direção que inclusive está construindo um prédio que será equipado com laboratórios exclusivamente para estas atividades. Em nosso estado, até 2010, haverá onze novas unidades dos Cefets, cada uma com capacidade para cerca de 1.200 alunos. A projeção é gerar mão-de-obra, técnica ou de nível superior, e atrair mais empresas para o estado. A escolha do lugar para a implantação dos centros precisa ser estratégica: a cidade-pólo deve irradiar desenvolvimento num raio de aproximadamente 60 km, e assim estimular o crescimento de toda a região. O desafio de gestão de todos estes sete campi é grande e, para isso o MEC previu uma estrutura de reitoria e pró-reitorias para o IFF, com previsão de ser implantada, até o início do ano que vem. Novos quadros dirigentes estão sendo preparados para dar conta deste desafio de expansão e interiorização da Educação Profissional e Tecnológica (EPT) junto ao Instituto Federal Fluminense. O presidente Lula ousou ao decidir expandir a rede federal de 141 unidades existentes, nestes 99 anos da implantação das primeiras escolas em 1909, para um total de 354 que têm previsão de estar funcionado até o ano 2010. No estado do Rio de Janeiro, um dos objetivos é que esta rede, que envolve além do Cefet Campos, o do Rio de Janeiro e também de Nilópolis, possam atender boa parte da carência estimada, em cerca de 100 mil técnicos no estado do Rio de Janeiro nos próximos dez anos.
Foto: Ascom no site do Cefet Campos.
Atualizado às 09:58: A área do campus Cabo Frio junto com o prédio foi cedido pela municipalidade e fica localizada na estrada para Búzios. O antigo prédio Centrinho está sendo todo reformado e, ao seu lado, será erguido um outro, para dar condições de funcionamento pleno ao campus Cabo Frio que iniciará as atividades com cursos técnicos em Turismo e Eletro-mecânica e mais adiante uma licenciatura.

sexta-feira, setembro 19, 2008

Rejeição para prefeito em Campos

Nestas últimas pesquisas de intenção de votos em Campos, o índice de rejeição dos dois principais candidatos ao executivo municipal se aproximou. A distância entre eles é de cerca de 2%.

50% dos eleitores de Campos ainda não escolheram vereador

Na mesma pesquisa citada em nota abaixo é possível ver que 50% dos eleitores de Campos, ainda não escolheram seu candidato a vereador. Para ser mais exato: 56% está indefinido e 4% mais propenso a votar nulo ou em branco. Faltando pouco mais de duas semanas, este percentual de indecisos na escolha para vereador é menor nas cidades menores, onde os eleitores ficam mais perto dos vereadores e maior, nas cidades das regiões metropolitanas. O Ancelmo Góis informou ontem, em sua coluna, que no Rio de Janeiro, o IBPS identificou que 70% dos cariocas, ainda não tinham escolhido seus vereadores. Os candidatos que ainda pensam ter chances, e não ilusão, ta na hora de garantir o seu voto porque nestes últimos dias, os candidatos com maior chances pressionam os eleitores para não votarem com quem não tem chances.

Pelas zonas eleitorais do município

A surpresa foi a virada de Rosinha sobre Arnaldo na 75ª Zona Eleitoral, Baixada Campista. Hoje, Arnaldo ganha apenas em duas zonas eleitorais e Rosinha em cinco. Arnaldo ganha com 7% de folga na 98ª e, apertado, na 99ª Zona Eleitoral. Nas outras quatro zonas eleitorais Rosinha vence: na 129ª Zona Eleitoral (Guarus e Interior Sul até Serrinha), na 100ª Zona Eleitoral (Interior Norte de Travessão a Morro do Coco), na 249ª Zona Eleitoral (Turfe e IPS) e de forma significativa na 76ª Zona Eleitoral (Guarus).

Indevido e inoportuno batismo da avenida: uma opinião

O blog recebeu por e-mail do professor Jacy Moreira Sales: "Caro Roberto, Sou leitor do seu blog e aproveito o momento para parabenizá-lo pelo mesmo. Gostaria de sua ajuda para esclarecer de quem partiu a infeliz ideia de nomear a nova avenida que em breve será inaugurada em nossa cidade de Arthur Bernardes. Faço este comentário tendo em vista que Arthur Bernardes foi opositor ferrenho do nossso ilustre e único Campista a presidir a Republica. Em 1922 Depois de uma disputa ferrenha, Arthur Bernardes derrotou Nilo Peçanha na eleição presidencial. Nilo Peçanha candidatou-se a Presidência da República com o objetivo de derrotar as grandes oligarquias estaduais representadas por Arthur Bernardes, de quem houve-se suspeitas de tentar denegrir a imagem de Nilo Peçanha "xingando-o de mulato", ou “mestiço de Morro do Coco.” Por mais uma infeliz coincidência a inauguração da referida avenida acontecerá no dia 23 de setembro próximo. Dia marcante para nossa cidade pois estaremos completando 99 anos da criação do ensino técnico no Brasil, através da lei 7.566 outorgada pelo nosso ilustre Nilo Peçanha. Acho uma grande indelicadeza a memória do nosso saudoso Nilo Peçanha prestar esta homenagem ao seu opositor em sua cidade natal, em uma data tão significativa e ainda não sei, se por coincidência também ser tão próxima a alusida avenida, da Avenida Nilo Peçanha uma das poucas homenagens que nosso município presta ao nosso ilustre Campista. Um abraço. Jacy Moreira Sales

Show de Geraldo Azevedo é cancelado pela FCJOL

O site da PMCG acaba de dar a notícia suspendendo o que seria uma ótima alternativa cultural para esta sexta, o cantor Geraldo Azevedo no Palácio da Cultura. Não há informações sobre o motivo da suspensão e há expectativa que nova data seja marcada.

Pauta de reivindicações dos estudantes da Uenf

O blog recebeu e divulga a pauta elaborada pelo DCE/UENF. O movimento estudantil é também uma forma de se avaliar a energia que circula numa boa universidade. Até onde sei a reitoria compreende e lida bem com esta realidade. O blog espaço para o debate, que embora interno da universidade, não deixa também de ser do interesse do município e da nossa região. A viabilidade do atendimento dos pleitos exige análise mais profunda, mas é extremamente salutar que os estaudantes se organizem que aprofundem o debate sobre as prioridades de suas demandas e criem condições de negociá-las. Mais importante até que o seu atendimento é o fato de existi-las, de estarem justificadas e apresentadas para a negociação. O blog ão conhece detalhes de sua organização, mas crê que se há reconhecimento, na legitimidade da representação estudantil, todo o movimento é saudável e assim merece espaço para negociação e encaminhamento do que é possível dentro das limitações que tem os gestores públicos das diversas instâncias. Veja abaixo a transcrição da pauta de reivindicações: 1) Início imediato das obras do Restaurante Universitário no campus Leonel Brizola; Tendo em vista que os recursos necessários para a construção do Restaurante Universitário foram liberados em audiência pública pela Comissão de Educação da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, desde o final do ano de 2007, constatamos que o andamento do processo de implementação do restaurante se encontra demasiadamente paralisado. Sendo assim, exigimos que as obras sejam iniciadas com urgência. 2) Reajuste imediato de todas as modalidades de bolsas de graduação; Atualmente os valores das bolsas[1] de Iniciação Científica, Extensão, Monitoria dos alunos de graduação apresentam uma defasagem de 40% quando comparadas com o salário mínimo vigente. Estas bolsas são insuficientes no que se refere à manutenção de gastos com alimentação, moradia, material didático (essencialmente livros e xerox) etc. 3) Dados institucionais relativos ao quantitativo sobre a evasão e não preenchimento de vagas dos cursos de graduação da UENF dos últimos cinco anos; 4) Implementação de moradia estudantil (alojamento) no campus Leonel Brizola. Com a consolidação institucional da UENF e a conseqüente demanda pelo ensino superior público e de qualidade no interior do Estado, o número de estudantes que imigram para a cidade de Campos dos Goytacazes de diferentes cidades do Estado, da cidade do Rio de Janeiro, interior de Minas Gerais, Espírito Santo e outras regiões do país vem aumentando todos os anos. Concentrados em sua maioria em repúblicas estudantis, estes discentes se deparam com os altos valores dos aluguéis, o que em muitos casos torna, juntamente com os outros fatores, a permanência no ensino superior inviabilizado. 5) Elaboração de avaliação institucional através da qual se implemente a avaliação dos docentes pelos discentes, de modo que esta tenha peso no que concerne à progressão daqueles no interior do plano de cargos e vencimentos. 6) Distribuição igualitária, entre alunos professores e funcionários, do peso dos votos para eleições de preenchimentos de cargos administrativos, bem como permissão de voto, aos discentes, nas eleições para coordenação de curso. Por fim, aumento do número de representantes estudantis nos órgãos deliberativos da universidade (COLAC, CONSUNI ETC.). UNIVERSIDADE PÚBLICA E DE QUALIDADE, DEVER DO ESTADO, DIREITO DO CIDADÃO! DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES – APOLÔNIO DE CARVALHO [1] O valor das bolsas de Iniciação Científica, Extensão, Monitoria é de R$ 300,00. O valor das bolsas de Apoio Acadêmico e Pré-Iniciação Científica (Jovens Talentos) é de R$ 250,00.

Pesquisa para vereador em Campos

Em nova pesquisa que não será registrada e que foi encomendada por um empresário e teve 2.320 entrevistas, realizadas entre os dias 10 e 12 de setembro, em Campos, avaliou a intenção de votos, não só para o executivo, mas também para a Câmara de Vereadores. Nela foi identificada que dez, entre os dezessete mais citados, na pesquisa de opinião para, são edis com mandato. Os demais são políticos sem mandatos, sendo que apenas cinco, nunca tiveram cargos eletivos. Entre estes três surpresas.

quinta-feira, setembro 18, 2008

Eduardo Paes tem 26%, Crivella 18% e Jandira 13%

Este é o novo resultado divulgado hoje pelo Datafolha na intenção de votos para a prefeitura do Rio de Janeiro. Paes aumentou 1%, Crivella perdeu 3% e Jandira aumentou 1%, Gabeira também cresceu só que 3%, alcançando agora 11%. Solange Amaral está na quinta colocação com 5% (2% a menos), Alessandro Molon passou de 3% para 4%, enquanto Chico Alencar caiu de 4% para 3%.

Arnaldo tenta animar militantes e candidatos a vereador de sua coligação

O candidato do PDT e toda a sua assessoria estão cuspindo maribondos contra a pesquisa do Ibope/InterTV. Junto, estão anunciando aos quatro cantos, que Arnaldo contratou pesquisa do Vox Populi, cuja pesquisa de campo deverá ser iniciada até o próximo sábado. Foi convocada para o final desta tarde, início da noite de hoje, uma grande reunião geral com a militância mais os candidatos a vereador, na tentativa de reanimar a turma para a reta final de campanha. A idéia é basicamente dizer que estão na frente e que a pesquisa do Ibope é falsa.

Só Odete e Graciete participam do seminário da Uenf

Na segunda sessão do Seminário “Política, Eleições e Soluções para Campos dos Goytacazes”, iniciada às 14 horas, com a presença de lideranças da sociedade organizada, pesquisadores, apenas duas candidatas ao executivo municipal participam na Uenf: Odete do PC do B e Graciete do PCB. O PMDB mandou Avelino Ferreira representar a Rosinha. Arnaldo do PDT e nem Feijó do PSDB mandaram representantes ao evento.
Atualizado às 23:22:

“A PMCG é refém da sua própria desorganização”

Esta afirmação foi feita por Conrado Aguiar, secretário de Indústria, Comércio e Turismo da prefeitura de Campos, hoje, no seminário sobre política na Uenf. A desorganização da gestão, a falta de planejamento e a predominância da atuação mais pontual que orgânica foi a tônica na abordagem dos diversos membros da mesa que tratou de políticas publicas no município para a área de agricultura, planejamento e controle social, desenvolvimento e educação. O Fundecam foi também analisado em suas diversas nuances. Em síntese o Fundo de Desenvolvimento de Campos foi considerado um instrumento interessante de política pública, mas que precisa ter sua concepção e sua gestão reformulada e democratizada.

Seminário de Política na Uenf - II

No seminário, a saúde e a educação foram áreas citadas, como exemplos de onde os recursos aplicados não produzem resultados esperados, em termos de eficiência nos serviços públicos para o cidadão. Além diagnósticos e concepções, políticas públicas e projetos setoriais foram comentados, sugeridos e criticados. Potencialidades do município foram lembradas como oportunidades e riscos, entre estes, as receitas dos royalties, os grandes projetos empresariais previstos para a região, assim como, o parque universitário instalado no município com quase 30 mil estudantes e pesquisadores. Na sessão desta manhã do seminário, também foi reforçada a necessidade do município instituir um Fundo de Amparo a Pesquisa, que além de financiar pesquisas e bolsas, também implantasse uma política de Ciência e Tecnologia integrando estes assuntos ao ensino fundamental tendo como horizonte, a elevação da educação não formal do estudante em direção a sua família.

Boa do Mariano

Do A Charge On Line.

Café Literário em homenagem a Luiz de Gonzaga Balbi

Também nesta quinta-feira, dia 18 de Setembro, às 19 horas, no Palácio da Cultura, o Café Literário homenageará o jornalista, pai de Aloysio Balbi e Marília Balbi. A coordenação será de Dedé Muylaert e a realização da Fundação Cultural Jornalista Owaldo Lima, com a participação do Grupo Teatral: Arte Porta Aberta e Maestro Ethmar Filho.

quarta-feira, setembro 17, 2008

É amanhã na Uenf

Seminário “Política, Eleições e Soluções para Campos dos Goytacazes”, com a presença de lideranças da sociedade organizada, pesquisadores e candidatos a prefeito ou a vice-prefeito do município. O tema será “Sociedade e Políticas Públicas”. A realização é da Coordenação do curso de Ciências Sociais da Uenf, com apoio da Direção do CCH, Centro Acadêmico das Ciências Sociais, Pós-Graduação em Sociologia Política e da Reitoria. As duas mesas terão a moderação do seu organizador, professor Hamilton Garcia. O local do evento é o auditório do Hospital Veterinário. Pela manhã entre 9 e 12 horas a mesa-redonda terá a participação de seis palestrantes com os seguintes temas: “Agricultura” com o pesquisador, Frederico Veiga, da Cooplanta, e também com o professor Paulo Marcelo de Souza, da Uenf; “Controle Social & Planejamento” será o assunto de abordagem deste blogueiro; o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Conrado Aguiar, e o professor José Luís Vianna da Cruz, diretor da UFF/Campos, vão falar sobre “Desenvolvimento”. O tema “Educação” terá o professor e ex-diretor do Cefet , Luciano D’Ângelo. Na parte da tarde, com início às 14 horas a sessão terá o reitor da Uenf, Almy Junior, que abordará o tema sobre “Ciência e Tecnologia”; Luís Aguiar, da Fundação Rural de Campos, tratará o assunto “Controle Social”, enquanto Arthur Soffiati (UFF) ficará com o tema “Sustentabilidade Ecológica”. O dirigente regional da Firjan, Geraldo Coutinho, responderá pelo tópico “Sustentabilidade Econômica”.

Pesquisa Ibope InterTV simulação 2º turno

A emissora InterTV afiliada da Rede Globo acaba de divulgar, depois de autorizada pela Justiça Eleitoral, as intenções de voto, para um possível segundo turno nas eleições para prefeito em Campos. Pela primeira vez se tem conhecimento de que Rosinha ganha de Arnaldo, num eventual segundo turno: Rosinha 44% x 38% Arnaldo. Brancos e nulos 11% e 7% não quiseram responder a esta pergunta da pesquisa.

Goyta 1 x 0 Guanabara

No primeiro jogo da segunda fase, o Goytacaz ganhou hoje em Cardoso Moreira do time da Guanabara pelo placar mínimo. Dá-lhe Goyta!

E a Bacia é em Campos...

O gás veicular (GNV) em Campos está custando mais de R$ 1,70 o metro cúbico. No Rio está em torno de R$ 1,59 e na capital paulista R$ 1,39. A produção de gás no litoral paulista está crescendo, mas ainda é pequeno diante da produção da nossa bacia. Deve haver motivos, além do cartel que faz o preço em nosso município ser igual em todos os postos de abastecimento.

Em 2 anos o consumo de etanol vai ultrapassar a gasolina nas bombas

O consumo brasileiro de gasolina deve cair 40% até 2015, com o avanço dos carros flex e a expansão do mercado interno de etanol. A previsão consta de um estudo da RC Consultores que garante ainda que o consumo de gasolina cairá de 18 bilhões de litros no ano passado para 11 bilhões em 2015. Há hoje no país, em torno de 3 milhões de carros flex e a previsão é de que em 2015 seja de 15 milhões. No primeiro semestre deste ano o consumo de álcool hidratado (o combustível) e de álcool anidro (o que é misturado à gasolina na proporção de 25% foi de 9 bilhões de litros praticamente o mesmo número da gasolina A (sem mistura) segundo a ANP.

Rosinha está a 1,2%, ou 3,1 mil votos, de vencer no primeiro turno

O blog explica a conta: com os percentuais divulgados dos candidatos, retirando os indecisos e os votos brancos e nulos que não são considerados válidos tem-se 84% que é a soma da intenção de votos nos candidatos. Numa simples regra de três pegando os percentuais de cada candidato, multiplicando por 100 e dividindo por 84% temos o percentual de votos válidos de cada candidato que são os seguintes: Rosinha – 48,8%; Arnaldo – 40,5%; Odete – 6%; Feijó – 2,3%; Marcelo – 1,2%; Graciete – 1,2%. Nesta conta Rosinha fica na frente de Arnaldo, por uma diferença percentual superior, à margem de erro da pesquisa, que é de 4%, para cima ou para baixo, num total de 8%. A diferença de 1,2% multiplicada pela estimativa de 260 mil votos válidos, permite identificar que Rosinha precisa conseguir, apenas, mais 3.120 votos que hoje estão previstos para os demais candidatos para decidir a eleição no primeiro turno. Esta conta só vale nos votos que ela conquistar sobre os demais candidatos e não sobre os brancos, nulos ou sobre os indecisos que estão fora deste cálculo. PS.: Atualizado às 09:36: O blog recebeu a informação, por e-mail, do Marcelo, de que os candidatos Graciete e Marcelo junto é que atingiram 1% na pesquisa do Ibope. Neste sentido, o percentual total de votos válidos diminuiria de 84% para 83%. Sendo assim, a intenção de votos válidos para os dois principais candidatos seria: Rosinha 49,4% e Arnaldo 40,9%. Desta forma, Rosinha estaria mais perto de vencer no primeiro turno, necessitando de apenas 0,6%, dos votos que hoje estão com outros candidatos. Isto equivaleria a cerca de 1.560 votos.

Pouco tempo & nova pesquisa

O blogueiro pede desculpas aos seus leitores pela falta de tempo para mantê-los informados como gostaria. O trabalho e os compromissos profissionais estão impedindo manter o ritmo das postagens. Ainda assim, mesmo diante das dificuldades, sigamos em frente! O dado novo e já bastante comentado pelos demais blogs é a nova pesquisa do Ibope/InterTV. Reduziu o número de indecisos, a intenção de votos nulos e brancos, também a dos votos em Feijó de 4% para 2% e no deputado Arnaldo Vianna, de 36% para 34%. Ao inverso, aumentou a intenção de votos em Odete, de 2% para 5% e em Rosinha de 37% para 41%. Com o baixo número entrevistados 602, todas as mudanças podem ser consideradas dentro da margem de erro, o que demonstra a pouca precisão e conseqüentemente o valor relativo da pesquisa. Porém é indiscutível que o mais importante a se retirar deste novo resultado que a pesquisa trouxe é da ampliação de votos de Odete e da possibilidade real, da eleição de prefeito em Campos ser decidida no primeiro turno, embora pelos números atuais, sem considerar a margem de erro, por apenas 2%, a eleição remete ao segundo turno.

terça-feira, setembro 16, 2008

Arnaldo no pescoço de Lula?

Dizem nos bastidores que Arnaldo Vianna está fazendo tudo para aparecer ao lado do presidente Lula na sua propaganda eleitoral. O fato de Lula ser mal avaliado, por apenas 8% da população, está produzindo uma corrida de gente para se mostrar ao lado do presidente. O próprio ex-governador Garotinho alertou assim, ontem, em seu blog sobre o interesse destes candidatos em pegar esta carona: “Esses candidatos só esquecem que a popularidade de Lula, é um patrimônio pessoal, não quer dizer que será transferida automaticamente para qualquer “papagaio de pirata”, que se pendure no pescoço do presidente e diga que é seu amigo”. Atitude preventiva não?

O poder dos blogs

A indicação da vice da candidatura republicana de John McCain, Sarah Palin vem sendo criticada por grandes setores da mídia alternativa americana, onde o candidato democrata Barck Obama detém uma maior simpatia. Neste processo, a vice Palin vem sendo bombardeada por setores ligados à internet. Assim, uma assistente da governadora do Alaska, a vice de McCain, telefonou para a blogueira Sherry Whistine, que falava mal da gestão da governadora do Alaska dizendo: “Você deveria se envergonhar. Pare de blogar! Pare de blogar agora!”

Triste fim do não Policarpo...

Com a caneta ainda na mão Mocaiber é descartado, praticamente amaldiçoado pelo ex-prefeito candidato, na entrevista de hoje, na Folha da Manhã. Qualquer pesquisa “quanti” e “quali” já vinham indicando isto. Resta saber quem acreditará no distanciamento entre Arnaldo e Mocaiber e, em como, o último reagirá ou não, a esta afirmação pública de que este é um governo do qual se deve esquecer na história do município. Triste fim. Caso quase único de um prefeito que, embora com direito de se reeleger, chega ao final do governo desdenhado por todos, embra de posse de um orçamento bilionário. Taí um bom exemplo de que os royalties não podem tudo!

segunda-feira, setembro 15, 2008

Reeleição de prefeitos

Dos 20 prefeitos que disputam novo mandato consecutivo nas 26 capitais, 17 deles, ou 85%, lideram as pesquisas. Só nas capitais de São Paulo, Amazonas e Bahia os atuais prefeitos não estão em primeiro lugar. Nos nove municípios produtores de petróleo da região seis estão disputando a reeleição: Cabo Frio, Rio das Ostras, Búzios, Macaé, Quissamã e São João da Barra. Só três não concorrem: Carapebus, Campos e Casimiro de Abreu. Destes, só o último está impedido de concorrer porque já foi reeleito. É difícil admitir que o percentual de probabilidade de reeleição das capitais, de 85%, seja alcançado na região. Talvez, por aqui, por conta, da luta entre criador e criatura, este percentual fique em torno de 50%. A conferir!

Mascote eleitoral em Campos e SP

Os marqueteiros políticos estão investindo nestas eleições em mascote para animar os programas eleitorais de seus candidatos. Em Campos, o PSDB de Feijó ataca de Tuco. Em São Paulo, o DEM foi mais direto e inventou o “Kassabinho”, um boneco que anima o programa do prefeito paulista que tenta a reeleição. Cá para nós, feiinho este boneco, heim?

Ontem, saúde, hoje educação!

A pressão sobre o mau uso dos royalties em nossa região vem de todo o lado. Ontem O Globo tratou do tema saúde. Hoje, a manchete é da Folha de São Paulo é sobre a educação nos municípios produtores de petróleo: “Verba do petróleo não melhora nível da escola pública – Cidades campeãs em recebimento de royalties não se destacam em comparação com as demais”. Além de ser manchete de capa, o assunto ocupa duas páginas no interior do jornal. Veja aqui.

domingo, setembro 14, 2008

Seminário: Política, Eleições e Soluções para Campos

Do organizador do seminário professor Hamilton Garcia: “A mesa desta última 4ª feira foi muito boa e para este resultado foi muito importante a presença de representantes de três gerações políticas da cidade (Adilson Sarmet, Roberto Henriques e Fábio Siqueira) preocupadas em tirar Campos do Telhado de Vidro e colocá-la na vitrine das cidades bem-sucedidas do país”. “Respondendo ao Luiz, e agradecendo seu incentivo, creio que, além das propostas levantadas pelo seminário (que serão apresentadas aos vereadores e prefeito eleitos), poderemos ter o ganho da rearticulação do movimento mudancista na cidade, agora numa perspectiva mais centrada no controle social sobre os governos – vide experiência de SP (www.nossasaopaulo.org.br/portal), que começa a se disseminar pelo país”. A próxima etapa serão duas mesas na próxima quinta-feira, 18/09 também no auditório do Hospital Veterinário da Uenf: 2ª Mesa (18/9, 5ªf), Sociedade e Políticas Públicas 1ª sessão (9h-12h)-> Agricultura (Frederico Veiga [Cooplanta] e Fábio Coelho [UENF], Controle Social (Roberto Moraes, CEFET). Desenvolvimento (Conrado Aguiar [PMCG] e José Viana [UFF], Sustentabilidade Sócio-Econômica (Aílton Mota, UENF). 2ª sessão (14h-18h)-> C&T (Almy Carvalho, UENF), Controle Social (Luís Aguiar, FRC-CECOP), Educação (Luciano D'Angelo, UCAM), Sustentabilidade Ecológica (Arthur Soffiati, UFF), Sustentabilidade Econômica (Geraldo Coutinho, FIRJAN); Debatedores convidados-> Hélio Anomal (PT), Graciete Ramos (PCB), Odete Rocha (PCdoB), Paulo Feijó (PSDB), Rosinha Garotinho (PMDB).

Faculdade em Quissamã e Bom Jesus

Uma sociedade de três profissionais de Campos, dois da área do direito e um do setor universitário está tentando viabilizar a instalação em Quissamã, inicialmente num Ciep, da Faculdade São Carlos. A previsão de início dos cursos, que já teriam a aprovação do MEC, seria em fevereiro de 2009 com os vestibulares sendo realizados, ainda no final deste ano. Há previsão de que o mesmo empreendimento seja replicado também no município de Bom Jesus do Itabapoana onde não há royalties.

sábado, setembro 13, 2008

Por favor: liberdade para o debate eleitoral na internet!

Já se falou sobre isto em alguns sites e fóruns de debates, mas parece insuficiente. A internet é diferente das outras mídias. Querer enquadrá-la como rádio, TV ou jornal é um equívoco. É certo que a democracia precisa de regulação. Não pode ser aquilo em que cada um faz o que quer. Porém, o excesso de regulação joga na outra direção. É melhor que os excessos sejam aos poucos controlados e avaliados por cada um, do que por um único e central julgador. A justiça (assim mesmo com “j” minúsculo) talvez não seja exatamente aquilo que garanta o estado democrático e legal, embora em seu nome exerça, hoje, em nosso país, poderes tanto de legislador (ou interpretador) quanto de executor, extrapolando seu papel de árbitro e de cumpridor da legislação elaborada pelos representantes do povo. O TSE num memorável debate (veja aqui) já disse que não dá conta de tratar da diversidade das novas questões trazidas pelo uso cada vez mais intensivo da internet. Melhor que os erros e excessos cometidos na internet sejam absorvidos, como naturalmente são àqueles frutos da inovação, do que censurados, podados e/ou castrados com o puro intuito de impedir a veiculação de idéias, opiniões, etc. Nos blogs a moderação dos comentários são instrumentos possíveis de serem usados de forma temporária ou permanente. Outros artifícios estão sendo também usados nos sites de relacionamentos, ao gosto do usuário e não, sob a mão forte do poder central. A internet ainda é o meio mais democrático porque permite, com baixos custos, a divulgação de informações e opiniões. Este blog defende que o TSE libere as campanhas eleitorais na internet. O seu controle é conservador e vai na contramão do avanço tecnológico. A exposição dos partidos e dos candidatos por pior que sejam, ao se exporem reforçam a República com a ampliação do debate e automaticamente, com a obrigação moral de, depois de eleitos, continuarem a se expor, neste meio de fácil e simples uso. Como pretendem que as pessoas participem do processo político se o advento de um mecanismo mais acessível de duplo sentido (e por isso diferente do rádio, TV e jornal) como a internet, é assim podado? Bom que o TSE cuide apenas de fazer uma regulamentação geral do uso que impeça excessos, spams, invasão de privacidade e coisas do gênero, mas nunca a emissão de opiniões. Nossa ainda tenra democracia agradeceria este instinto de bom senso. Liberdade para a campanha e para o debate na grande rede!

Furacão Ike chega a Houston

O furacão IKE atingiu hoje a cidade de Houston nos EUA. Exatamente, nesta semana, o Cefet recebe uma missão desta cidade americana, localizada no estado dos Texas, interessada numa cooperação que envolva alunos, professores e empresas parceiras das duas instituições. Ontem, dois membros da delegação estiveram visitando a UN-BC da Petrobras e também, o Lenep (Laboratório de Exploração de Petróleo) da Uenf, em Macaé, enquanto outro membro da delegação acompanhado de representante do Cefet Campos reunia-se, no Rio de Janeiro, com representantes da embaixada e do consulado americano no Brasil e mais dois assessores da Fundação Ford, mais um possível parceiro desta cooperação. Durante os três últimos dias, a chanceller (diretora geral) Mary Spangler não se desgrudou do seu blackberrie atenta às providências de um plano de contingência para proteger o Houston Community College, uma instituição de sete campus e mais de 60 mil alunos, do furacão Ike, que felizmente parece que perdeu força. PS.: Fotos publicadas, a parimeira no Portal da UOL mostrando uma das ruas do centro de Houston e a segunda (atualizado às 14:16) dos prédios com janelas quebradas também no centro de Houston

sexta-feira, setembro 12, 2008

Eleição no Rio e prestígio de Lula

Hoje num restaurante da capital do estado, uma eleitora respondeu assim, à sua companhia de mesa que lhe perguntou sobre como andam as eleições no Rio: “aqui todos que têm chances ficam repetindo o tempo todo que são Lula: Eduardo Paes, Crivella, Jandira...” O comentário parecia mais um prenúncio que se confirmaria nesta noite, com a nova pesquisa Ibope divulgada pelo RJ TV - 2ª Edição: Eduardo Paes com 27% (na pesquisa anterior, em 30/08/08 ele tinha 19%); Marcelo Crivella caiu um ponto percentual e está em segundo, com 23%; e Jandira Feghali caiu de 10% para 9% e está em terceiro lugar. Ou a pesquisa sobre a avaliação do presidente Lula divulgada hoje pelo Datafolha em que o presidente só de ótimo/bom teve 64%. Se for adicionado o resultado do regular (28%) a aprovação chega a 92%. O índice de ótimo/bom de 64%, segundo o Datafolha é recorde histórico. A pesquisa foi realizada pelo Datafolha em 212 municípios numa amostra representativa da população brasileira adulta, entre os dias 8 e 11 de setembro.

Com a palavra o leitor

"Caro professor, Antes do assunto tema deste, quero parabeniza-lo por seus comentários, mas, especialmente, por sua postura democrática e imparcial, prática não muito observada nos dias atuais! Quero pedir que dentro das possibilidades, faça um comentário em seu blog sobre as lombadas existentes na RJ 216 Estrada Campos Farol, são dois em Donana, cinco em Goitacases, dois em Campo Limpo, três em Mineiros, dois em Saturnino Braga, dois em Mussurepe, quatro em Baixa Grande e finalmente dois em Boa Vista. O total de vinte "quebra carros", não bastasse o desgaste pessoal de nós motoristas e de nossos "amadissimos possantes" , existe o perigo eminente de acidentes, haja vista a sinalização horizontal estar completamente inutilizada. Durante o dia já é complicado, e a noite piora ainda mais, especialmente porque a sinalização vertical, não sei porque cargas d´agua não cumprir seu objetivo de ser visível pois não refletem a luz dos faróis. Como seu blog é de grande e seleta frequência, espero que as autoridades responsáveis pela manutenção daquela sinalização, RESOLVAM o problema. Saudações alvi-anis! Marcos Valério".

Pesquisas & listas

Numa das pesquisas eleitorais feitas em Campos foi perguntado: 1) A Justiça deveria voltar os contratados? Sim – 70%; Não – 23%. 2) Para a prefeitura as demissões dos contratados é: Melhor – 26%; Pior – 57%; Não opinaram – 17%.

quinta-feira, setembro 11, 2008

Placas futebol clube

Num único cruzamento da Pelinca havia nesta quinta quatro placas de candidatos a vereador em Campos. Duas presas estavam presas em postes e duas outras eram seguras por cabos eleitorais.

Má lembrança do Alecrim...

Candidata a vereadora teve recurso negado no TRE

A informação é do blog do Cleber Tinoco: "Não foi apenas o candidato Arnaldo Vianna que interpôs embargos de declaração no TRE, a candidata a vereadora Maria Cecília Lysandro de Alvernaz Gomes também o fez. O recurso dela foi julgado no dia 09/09 e teve provimento negado pelo Tribunal, já os embargos do candidato Arnaldo Vianna ainda não foram apreciados". Corrigido e atualizado às 22:58: do mesmo blog: "Para esclarecer... " "A candidata a vereadora pelo PMN, Maria Cecília Lysandro de Alvernaz Gomes, é uma das que pediram a impugnação da candidatura de Arnaldo Vianna. Portanto, por ser parte no processo é que apresentou embargos de declaração para sanar omissão, obscuridade ou contradição do acórdão do TRE, mas, conforme dissemos, não foi dado provimento ao recurso dela".

Pesquisa nova sendo feita em Campos

O blog teve a informação que uma pesquisa com 2.320 entrevistas está sendo realizada em Campos. Além das intenções de voto para prefeito, o responsável pela encomenda pediu que fosse apurada também, a preferência para a vereança. Este número de entrevistas permite uma margem de erro inferior a 2% para mais ou para menos. Os prognósticos a pouco mais de três semanas para a eleição é um bom indicativo, mas não pode ser considerado conclusivo, até porque está programado dois debates televisivos, antes da eleição de 5 de outubro próximo.

Candidato do prefeito desiste em SFI

A informação é do blog do Paulo Noel:
"Exatamente às 16h20m Fauazi Cherene candidato a prefeito da Coligação “A Força do Povo” do município de São Francisco de Itabapoana protocolou ofício renunciando a candidatura. Clique na imagem para ampliar e veja na integra o ofício que foi protocolado no Cartório Eleitoral de São Francisco de Itabapoana. A desistência de Fauazi Cherene veio confirmar a forte especulação política na cidade no dia de ontem da renúncia de Fauazi Cherene. Agora, prossegue a disputa no município com dois candidatos. Beto da Saúde da coligação “Mudar de verdade” e Marcilene Nunes Daflon da coligação “A esperança de um novo tempo”.

quarta-feira, setembro 10, 2008

Cefet recebe angolanos e americanos

O Cefet Campos, em fase de organização, de um amplo programa de Cooperação Internacional, recebeu hoje, 32 angolanos, de um total de mais de 300, que serão atendidos, em cursos de formação de formadores, para atuar em 5 Centros Profissionais que o Ministério de Obras Públicas (Minop) está construindo naquele país africano. (veja mais detalhes aqui e aqui)
Também hoje, o Cefet recebeu uma missão do Houston Community College chefiada pela Chancellor Mary S. Spangler, mais, Daniel Seymour e também a consultora, Mary Gershwin. Esta missão dos EUA, faz parte de um programa que pretende viabilizar parcerias de intercâmbio e colaboração dos cefets brasileiros com os colleges americanos. A tradição de Houston no setor de petróleo e gás, aponta esta área como uma primeira, a ser explorada no intercâmbio entre estes dois países, com possibilidades de triangulção com Angola, também um grande produtor de petróleo.
Foto de Aline Guimarães - Ascom e Impar Comunicação

Alunos da Uenf brigam pelo bandejão

O blog recebeu o e-mail abaixo da Juliana:
"Oi, Roberto,
Gostaria de te informar e pedir pra ajudar a divulgar a luta dos estudantes da uenf pelo bandejão.Começou ontem com uma marcha rumo a reitoria com muito panelaço e está continuando com um acampamento na frente da reitoria.Meu amigo blogger Yuri colocou algumas fotos e detalhes no blog dele, se quiser conferir:http://www.dendrito.blogspot.com/ .
A sua ajuda seria de enorme valia, já que os jornais locais não demonstraram muito interesse!
Um abraço,
Juliana"
PS.: Foto do blog citado acima.

Meta para ganhar a eleição

Quem fizer 130 mil votos ganha a eleição para a prefeitura de Campos. Com 322 mil eleitores inscritos considerando a expectativa de abstenção, nulos e brancos restariam cerca de 260 mil votos, daí que aquele(a) que alcançar a metade destes votos levaria a eleição que assim, teria grandes chances de ser decidida no primeiro turno. No primeiro turno de 2004 tivemos 240 mil votos válidos.

Ainda tem gente que reclama do horário eleitoral...

Do Sinovaldo Jornal NH (RS) e do A Charge On Line.

Schlumberger recruta técnicos e tecnólogos do Cefet

A empresa especializada em trabalho no segmento petróleo está recrutando técnicos e tecnólogos no Cefet Campos nas seguintes especialidades: Técnico: Automação Industrial; Manutenção Industrial; Mecânica; Eletrônica; Eletrotécnica e Química. Tecnólogos: Automação Industrial; Manutenção Industrial e Sistemas Elétricos. Exigências: - Homens e mulheres até 25 anos; - Ter concluído o curso nos 3 últimos anos ou estar concluindo o último módulo ou período; - Ter conhecimento de Inglês – preferencialmente intermediário ou avançado; - Ter dinamismo e proatividade. Inscrições na DiTex – Diretoria de Trabalho e Extensão – Cefet Campos Processo de Seleção: Dia 16/09/2008: Auditório Cristina Bastos (a confirmar) 13h - Info Session e provas (Matemática, Física, Eletricidade, Raciocínio Mecânico e Inglês) – Levar lápis, caneta e borracha. 16h às 18h - Entrevista para os alunos do Curso de Conversação (Getting/2008) 18h - Divulgação dos resultados (na DITEx). Dia 17/0/2008: - 8h30 às 17h - Realização das entrevistas (É obrigatório a apresentação do currículo, conforme modelo fornecido pela DITEx).

terça-feira, setembro 09, 2008

Seminário: Política, Eleições e Soluções para Campos dos Goytacazes

Amanhã, quarta-feira, às 9h, tem início o seminário sobre a política local, no auditório do Hospital Veterinário, no Campus da UENF (veja a programação aqui). Palavras do seu coordenador do Seminário Hamilton Garcia: “Antes mesmo de sua realização ele já é um sucesso, havendo proposta de transformá-lo num fórum permanente de discussão das políticas públicas da cidade. Em todas as mesas do seminário foi pedido aos palestrantes um diagnóstico da situação atual, um prognóstico de sua evolução e uma terapêutica para a solução dos problemas identificados, que serão discutidos com os presentes - lembrando que o evento é aberto ao público em geral, particularmente à sociedade civil organizada”.

Diretor da UFF Campos esclarece pontos sobre a expansão

O blog recebeu do professor José Luiz Vianna da Cruz, o texto abaixo que explica objetivamente toda a questão, a respeito do trabalho a favor da sua expansão: “Roberto, muito obrigado pelo que você colocou no seu blog sobre a conquista da UFF de Campos em termos da expansão e do terreno. A Prefeitura está frenéticamente buscando parecer que é o pai da criança. Isto já é ruim em qualquer época, ainda mais em conjuntura eleitoral. A princípio eu havia decidido não me pronunciar para não chamar mais ainda a atenção para o fato, achei que ficando quieto a coisa ia fenecer. Tenho tido contato com o Deneval, e nesses contatos me parece que ele tem bem claro o papel de cada um nessa luta dele pelo Pólo de Cinema. O contato com a UFF de Niterói e a disposição do Curso de Cinema de se implantar em Campos é mérito do Deneval. No entanto, isto não tem relação direta com o processo de expansão do Pólo Universitário de Campos, da Universidade Federal Fluminense, que começou em 2005, quando,na minha primeira gestão, elaboramos o projeto que agora está sendo implantado. A Prefeitura não teve nenhuma participação nisso, em nenhum momento. A idéia do Pólo de Cinema não teve nada a ver com a liberação do terreno. Ao mesmo tempo, nós, da UFF Campos, vemos o galpão que existe no terreno como um patrimônio que pode ser destinado como um Centro Cultural de usufruto da comunidade, mas principalmente em parceria com nossas co-irmãs UENF e IFET (CEFET-Campos), assim como com a Prefeitura, também, por ser tombado pelo Patrimônio Municipal e pela possibilidade de ter a Prefeitura como parceira numa política pública no campo da cultura. Como parte das suas atividades, poderá abrigar os cursos ligados à área de audiovisual que Deneval está acertando com o Curso de Cinema da UFF em Niterói. Como fruto disso, estamos estabelecendo uma parceria com a Prefeitura para a limpeza do terreno e a preparação do galpão para abrigar os cursos de extensão em audiovisual que deverão acontecer ainda este ano. Finalmente, um último esclarecimento: a conquista do terreno foi fruto do esforço de um exército de pessoas e órgãos, desde o Reitor da UFF e sua equipe, passando pela equipe do MEC, chefiada pela Coordenadora do REUNI, Maria Ieda, pela equipe do Serviço de Patrimônio da União, no Rio e em Brasília, pela equipe do Ministério do Planejamento, pelos Ministros do Planejamento e da Educação, mas, realmente, o desembaraço do terreno e a sua efetiva cessão são méritos do Deputado Chico D'Angelo. Ele foi fundamental para reforçar a confiança do Governo no nosso Projeto e da importância do terreno para o mesmo. Com isso, acho que dei a Cezar o que é de Cezar, ou seja, esclareci o papel de cada um nessa construção. Em tempo: não tem nada ainda acertado a respeito de vinda de Ministro nenhum por conta da Expansão da UFF, muito menos por conta do Pólo de Cinema. Diante do que vem acontecendo, gostaria que você nos ajudasse a deixar claro que só a UFF fala pela UFF. Qualquer notícia de outra fonte, não deve ser considerada. E que a imprensa compreenda isso também. Um grande abraço e salve, mais uma vez, o seu blog, pelo serviço público que ele presta, o que o faz ser uma unanimidade em termos de isenção, compromisso com a verdade e coragem de veicular o que é de interesse público com total liberdade e agudo senso crítico”.
Atualizado às 15:02: Na foto acima, do lado direito é mostrada a limpeza que já está sendo feita do terreno onde será erguido o prédio da UFF em Campos.

Vice-prefeito divulga documentos sobre pagamento de terceirizados

O vice-prefeito de Campos, Roberto Henriques remeteu aos blogs de Campos, uma nota oficial sobre as lista dos terceirizados. Como já está publicada em diversos blogs (aqui e aqui) este blog julga desnecessária a sua publicação. Apenas chama a atenção para os documentos enviados, em anexo à Nota Oficial, sobre os valores pagos à Fundação José Pelúcio. Henriques descarta a possibilidade da lista divulgada com os nomes e os salários estarem “engordadas” com valores referentes a 13° salário, férias e outros complementos. Ele diz que o valor total, de todos os salários somados, da lista da Fundação José Pelúcio, divulgada na semana passada alcança apenas a quantia de R$ 11 milhões, enquanto o documento assinado pelo prefeito, Alexandre Mocaiber em janeiro deste ano, autorizava o pagamento de R$ 22 milhões. O vice-prefeito encaminhou ao blog, além da memória de cálculo deste valor, a autorização dada pelo prefeito para o pagamento deste valor (R$ 22 milhões), não apenas no mês de janeiro, mas também de fevereiro e março deste ano, todos no valor de R$ 22 milhões. Henriques diz “todo o problema do TAC surgiu porque a prefeitura não publicou a o Termo Aditivo da prorrogação do contrato com a Fundação José Pelúcio e nem a ampliação do valor total que em seis meses passaria de R$ 114 milhões para R$ 131 milhões”. Abaixo o blog publica estes documentos encaminhados pelo prefeito considerando tratar-se de documentos públicos e, portanto, de interesse de toda a população:
PS. : Para ver as imagens em tamanho maior clique sobre elas.

Itaóca fará parte do Parque do Desengano

A informação foi veiculada no domingo, no jornal O Globo, numa matéria do Paulo Roberto Araújo. O IEF (Instituto Estadual de Florestas) estaria finalizando estudos para incluir os 800 hectares do Itaóca, na reserva estadual que tem sua principal base no Imbé. Taí uma boa notícia para o município que assim tem condições de garantir parte de biodiversidade neste corredor florestal.
Um informação nova e interessante se for concretizada é a de que a licença ambiental para exploração da pedreira do Itaóca, concedida pela Feema, que fornecerá as pedras para o Porto do Açu, seria a última exploração permitida e que deverá ser compensada com a obrigatoriedade da recuperação de área já degradada no morro.

Comentando o ranking

A classificação e o rankeamento em toda e qualquer situação devem ser analisadas com certo cuidados. O rankeamento é uma classificação feita a partir de alguns indicadores escolhidos a partir de métodos e critérios que podem ser objetos de questionamentos. Mais do que o ranking a avaliação institucional deve ser mais válida para que cada instituição avalie sua evolução ou involução ao longo do tempo do que propriamente para se comparar em relação a outras. Normalmente há particularidades em cada instituição que dificulta esta comparação. Com todas estas observações as colocações da Uenf e do Cefet são significativas para a nossa região. Por serem públicas elas não dependem de receitas e bolsas oriundas dos royalties e por isso transitória. Mas importante ainda é que elas vivem um momento de expansão. A Uenf tem quinze anos de implantação, um tempo e muitos das áreas ainda estão sendo estruturadas e/ou ampliadas. O Cefet, apesar de ser quase centenário, há apenas dez anos começou a atuar no ensino superior. Portanto, mesmo com todas as ponderações feitas acima, a nossa região deve identificar nestes resultados um enorme potencial de contribuição para esta nossa região. PS.: Atualizado às 10:14: O Centro Universitário Fluminense (Uniflu) que reúne Fafic, FDC e a FOC ficou em 42° lugar entre os 134 centros universitários brasileiros.

CEFET Campos é o 5° entre os 134 Centros Universitários do país

A ex-Escola Técnica Federal de Campos, atual Cefet Campos e, futuro Instituto Federal Fluminense de Ciência e Tecnologia (IFF) que há apenas dez anos implantou seu primeiro curso de nível superior ficou na 5ª colocação entre os 134 Centros Universitários, hoje, instalados no país. O ranking do Índice Geral de Cursos (IGC) entre os Centros Universitários foi calculado usando dados sobre a qualidade dos cursos de graduação, mestrado e doutorado, distribuídos pelos vários campi da instituição. São utilizados no cálculo do indicador a média dos Conceitos Preliminares de Curso (CPCs) da instituição – componente relativo à graduação – e o conceito fixado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para a pós-graduação. A média dos conceitos dos cursos é ponderada pela distribuição dos alunos entre os diferentes níveis de ensino (graduação, mestrado e doutorado). Para esta primeira divulgação do IGC, foram utilizados os CPCs referentes às edições do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) no período de 2005 a 2007. O CPC considera, além de resultados de avaliação de desempenho de estudantes, infra-estrutura e instalações, recursos didático-pedagógicos e corpo docente. A nota da Capes é referente à avaliação do triênio de 2004 a 2006. O IGC de cada IES do Brasil será divulgado anualmente pelo MEC, sempre após a divulgação do Enade. Veja no quadro abaixo a relação dos dez melhores Centros Universitários: PS.: Para ver a imagem em tamanho maior clique sobre ela.

Uenf fica em 12° no ranking de todas as 173 universidades do país

Entre as 173 universidades avaliadas do país, a Uenf ficou em honroso e expressivo 12° lugar. A importância da colocação pode ser avaliada por estar na frente de muitas universidades mais antigas e conceituadas como a Uerj, UFF, PUC-SP, UFSC e diversas outras universidades federais, estaduais e particulares do país. O ranking do Índice Geral de Cursos (IGC) é um novo indicador criado pelo Ministério da Educação (MEC) para avaliar a qualidade das instituições de ensino superior. O índice divulgado nesta segunda-feira pelo MEC foram estabelecidos, em valores contínuos (que vão de 0 a 500) e em faixas (de 1 a 5). No país, a universidade que obteve a maior pontuação foi a federal de São Paulo, a Unifesp, com 439 pontos. Veja abaixo o ranking das trinta primeiras colocadas: PS.: Para ver a imagem em tamanho maior clique sobre ela.

segunda-feira, setembro 08, 2008

De Campinas, a Juiz de Fora até a nossa Campos

Assim o economista André Urani que é respeitado acadêmico, que já foi secretário de Trabalho do município do Rio e que possui uma reconhecida capacidade de formulação de políticas públicas, disse em entrevista ao O Globo, no domingo, que vislumbra a chance de se “criar no Sudeste a capital mundial da energia, juntando forças do Rio, de São Paulo e de cidades médias como Campos, Campinas e Juiz de Fora". Urani defende a necessidade das cidades buscarem uma outra vocação para esta era pós-industrial integrando-as, reduzindo tempos de transportes com a defesa da idéia de um uso mais intensivo do trem. “É preciso tornar a cidade mais barata e produtiva”. Mais, o André Urani também lembrou a importância da identidade e da marca da cidade na competição global. Para este novo tempo há que se ter uma nova lógica, onde a participação das instituições da sociedade civil, as universidades e o setor empresarial são indispensáveis num arranjo que vá além dos governos locais e estaduais. Bom pensar à frente, para além das mazelas e das intrigas imbricadas na pura disputa do poder.

Desabafo pela ausência do Liceu no desfile de ontem

O blog recebeu comentário que reproduz como nota da professora Maria Amélia Pinto Boynard: “Prezado Professor Mais que a ausência do Sr. Prefeito, o que me chocou profundamente foi saber da ausência do Liceu de Humanidades de Campos no desfile cívico de 7 de setembro. O Liceu, sim, é patrimônio de nossa cidade, tem relevantes serviços prestados à comunidade, tradição como formador de bons líderes e consciências críticas! A Banda Marcial “João da Hora” há tempo se calou. A freqüência ao desfile foi sendo minada, ano após ano, por motivos certamente alheios à vontade de diretores, professores, funcionários e alunos comprometidos com a instituição. Ao Prof. Helvio Santafé e ao Desembargador José Mota Filho, ex-alunos guardiões da memória liceísta, o meu respeito pelos anos em que desfilaram, solitários, na tentativa de continuar a mostrar para a cidade de Campos que o Liceu está vivo! Quantos liceístas lêem esse blog? Avante! Parafraseando a grande Profª Alcídia Perez Pia... "Liceístas, sempre avante;Pela glória do Liceu;Que evocamos com orgulho;Ó Liceu! Liceu! Liceu!"

Dib sofre assalto a mão armada na av. 28 de março

No início desta tarde, o fotógrafo Dib Hauagi e sua esposa Tânia Hauagi sofreram um assalto, a mão armada, no sinal da avenida 28 de março com Beira-valão. Os assaltantes levaram o Focus prata, uma quantidade em dinheiro, celulares e equipamentos fotográficos de Dib. Felizmente, além da perda material o casal nada sofreu. A polícia faz ronda em alguns pontos da cidade atrás dos criminosos.

Quem é o sujo?

Numa propaganda que está sendo veiculada nas rádios locais do deputado estadual, Wilson Cabral, num dado momento o locutor diz algumas coisas que teriam sido viabilizadas pelo seu mandato e depois diz: "Wilson Cabral um deputado limpo". Como é de conhecimento de todos, o deputado Cabral foi eleito com apoio do prefeito Alexandre Mocaiber. Durante toda a crise da operação Telhado de Vidro, o blog não ouviu e nem leu nenhuma declaração, sobre aqueles episódios e sobre a situação política do município de Campos. Aqui ele teve sua maior votação e agora, ele vem se intitular como “deputado limpo”? De quem o deputado está pretendendo se desvencilhar?

Localização inadequada de praça de pedágio na BR-101

Não é preciso ser técnico no assunto para ver que há algo errado na decisão de fazer a praça de pedágio, na BR-101, próximo ao posto do Russo, na localidade de Serrinha, em Campos, exatamente numa curva e junto a uma ponte sobre um rio. O blog sabe que o processo de concessão já passou por audiências públicas. Sabe que há problemas ambientais maiores ou menores na decisão sobre esta alocação. Sabe que mais próximo a Campos afetaria moradores locais, mais adiante há uma ponte, etc. Sabe que há o interesse da concessionária em evitar a passagem por Quissamã, acaso o pedágio fosse deslocado para depois da estrada de acesso ao município vizinh, etc. Porém, é inadmissível o local onde está. O blog sabe também que será argumentado que instalarão sinalização, redutores antes da ponte, das curvas, etc., mas, ainda assim não é cabível, até porque tudo isso reterá ainda por mais tempo o usuário da rodovia, que terá ainda que parar em mais três praças de pedágio entre o centro urbano de Campos e o Rio de Janeiro. O acidente ocorrido esta semana, exatamente naquele ponto, num engavetamento entre dois caminhões, mesmo com alguma sinalização é a comprovação do que aqui está sendo dito. O blog já foi alertado pelo assunto por mais de uma pessoa e aqui chama a atenção do Ministério Público Federal que, talvez, ainda possa evitar através de algum instrumento jurídico tal fato.

Seminário: Política, Eleições e Soluções para Campos dos Goytacazes

O blog recebeu do professor Hamilton Garcia, a programação final do seminário que é muito benvindo, neste momento peculiar da vida do município de Campos dos Goytacazes: Realização: Coordenação CISO/CCH; Apoio: Reitoria da UENF-DR, Direção do CCH, PPG em Soc. Pol., C.A.CISO; Coordenação: Hamilton Garcia; Organização&Divulgação: Coordenação CISO/CCH e ASCOM. Objetivo: discutir a situação atual de Campos e propor políticas, visando o desenvolvimento local sustentável, a serem apresentadas aos eleitos em 2008. 1ª Mesa (10/9, 4ªf), Dinâmica Política e Sociedade: Sessão única (9h-12h)-> Adilson Sarmet (ex-Vice-Prefeito), Denise Terra (CEPECAM), Fábio Siqueira (sindicalista), Hamilton Garcia (UENF), Roberto Henriques (Vice-Prefeito). 2ª Mesa (18/9, 5ªf), Sociedade e Políticas Públicas 1ª sessão (9h-12h)-> Agricultura (Frederico Veiga [Cooplanta] e Fábio Coelho [UENF], Controle Social (Roberto Moraes, CEFET), Desenvolvimento (Conrado Aguiar [PMCG] e José Viana [UFF], Sustentabilidade Sócio-Econômica (Aílton Mota, UENF). 2ª sessão (14h-18h)-> C&T (Almy Carvalho, UENF), Controle Social (Luís Aguiar, FRC-CECOP), Educação (Luciano D'Angelo, UCAM), Sustentabilidade Ecológica (Arthur Soffiati, UFF), Sustentabilidade Econômica (Geraldo Coutinho, FIRJAN); Debatedores convidados-> Hélio Anomal (PT), Graciete Ramos (PCB), Odete Rocha (PCdoB), Paulo Feijó (PSDB), Rosinha Garotinho (PMDB). Atualização às 13:22: Local do Seminário: Auditório do Hospital Veterinário, no Campus da UENF.

domingo, setembro 07, 2008

Futuro, passado e presentes simultâneos

O artigo do colunista Fernando Abrucio na revista Época desta semana é bastante interessante. Numa época em que é difícil achar quem faça análises e pense no longo prazo sob o ponto de vista estratégico e de gestão pública, este artigo é uma boa provocação. Sua segunda parte, em que ele relaciona esta avaliação de cenários com um problema atual dos grampos, pode ser descartada, não por não ter importância, mas porque, aos olhos do blog, ela retira a importância do que foi dito antes e que serve, não apenas para o âmbito de toda a nação, mas também no nível dos municípios. Numa cidade rica, o momento é de acabar com os problemas do passado e do presente, para tocar um futuro, menos patrimonialista, corrupto e desigual. Com esta ótica leia abaixo os parágrafos iniciais do artigo que tem o título dado a esta nota: Futuro, passado e presentes simultâneos “O Brasil é um país onde passado, presente e futuro convivem no mesmo tempo histórico. Resquícios de forte atraso permanecem no trabalho infantil ou no sistema político-administrativo, principalmente nos municípios. Enfrentamos problemas tipicamente contemporâneos, como a questão metropolitana. E o futuro bate a nossa porta, em temas como as células-tronco ou a necessidade de definir como será explorado o petróleo do pré-sal e para quem serão distribuídos seus recursos. A leitura sobre a simultaneidade dos tempos no Brasil e alhures já apareceu em grandes pensadores. O que me levou a retomá-la foram dois eventos: uma excelente palestra do ministro Mangabeira Unger sobre a gestão pública brasileira e o recente episódio da escuta telefônica envolvendo personagens dos Três Poderes da República. A Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República reuniu um grupo de especialistas para construir uma agenda de longo prazo para a gestão pública. O planejamento de ações futuras, independentemente de quem venha a governar o país, e a riqueza dos debates já valeriam pelo encontro. O mais interessante foi a palestra do ministro, que mostrou como a administração pública brasileira precisa enfrentar, ao mesmo tempo, questões dos séculos XIX, XX e XXI. No terreno do passado, é preciso combater os resquícios do patrimonialismo, que vai muito além do nepotismo. O que nos falta, em boa parte do aparelho de Estado, é a constituição de uma burocracia meritocrática. Esse problema é mais grave nos Estados e, principalmente, nos municípios, exatamente os níveis que executam a maior parte das políticas públicas. Entre os instrumentos de gestão do século XX, o ministro destacou o papel das técnicas gerenciais. O Brasil teve avanços nesse terreno nos últimos anos, como demonstra o exemplo do governo eletrônico, usado em compras governamentais. Mas milhares de escolas e hospitais públicos ainda funcionam como repartições arcaicas, morosas em sua rotina e com atendimento precário para os cidadãos mais pobres. Mangabeira ressaltou a necessidade de a administração pública buscar o paradigma do novo século, marcado pela maior importância da democratização do poder público e pelas parcerias com a sociedade. O ministro propôs que todas as dimensões sejam enfrentadas simultaneamente, pois não há como esperar que o passado seja resolvido para atuar no presente, nem pensar o futuro sem combater o legado perverso da História”.

"Mar de cana"

O jornal O Estado de São Paulo, o Estadão, traz hoje, uma matéria sobre as limitações que o estado de São Paulo está estabelecendo para segurar a ampliação das atividades canavieiras naquele estado. A matéria começa assim:
"Preocupado com o forte avanço da cana-de-açúcar, o governo de São Paulo promete endurecer as regras para instalação de novas usinas ou ampliação das já existentes. Levantamento das Secretarias do Meio Ambiente e da Agricultura, que vai mapear as regiões com restrições à expansão da atividade, deverá ser concluído até o dia 18, quando entram em vigor as novas regras. Leia reportagem completa na edição deste domingo do Estado".
"De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Xico Graziano, os canaviais, que no início da década respondiam por menos de 50% do espaço ocupado por lavouras no território paulista, hoje já se espalham por quase 70% da área plantada - excluindo as pastagens".
Se desejar ler a matéria na íntegra clique aqui.