sexta-feira, maio 18, 2007

Corrupção sem espiga

Reforçando a nota abaixo e sabendo, que o valor da corrupção não altera o ato, embora, reforce a tentação, não há como não registrar o espanto, de que o ex-governador maranhense detido teria sido subornado com um carro de R$ 110 mil e o atual, indiciado por valores de suborno de R$ 240 mil. A gente às vezes se esquece, mas é que eles vivem num mundo sem royalties, onde milhão, há muito já deixou de ser uma grande espiga.

Um comentário:

Fábio Siqueira disse...

Nunca ouvi falar da presença da construtora baiana Gautama - responsável
pela prisão, ontém, de prefeitos e outros políticos acusados de corrupção em
diversos Estados - nas cobiçadas obras do nosso rico município. Mas como vc
diz: perguntar não ofende! Já pensou se a "navalha" passa por aqui?...
Abraço,
Fábio.