segunda-feira, abril 13, 2015

Edison Chouest Offshore assina contrato com a Petrobras para a base portuária no Açu

Depois de uma licitação conturbada e com pressões do governo do estado do Espírito Santo e da Prefeitura de Macaé, cada um disputando para sediar essa nova base portuária de apoio à exploração de petróleo, a empresa Edison Chouest Offshore (Eco), consegue com umaa proposta de US$ 2,5 bilhões, confirmar o resultado da concorrência junto à Petrobras. Desta forma, a Eco assinou na semana passada, o contrato com a estatal Petrobras, segundo matéria da revista Brasil Energia, especializada no ramo de petróleo que republicamos abaixo.

A base da Edsion Chouest Offshore junto ao terminal 2 do Porto do Açu já está sendo construída. A empresa por duas vezes ampliou o contrato junto à Prumo Logística Global S.A. controladora do Porto do Açu para ter mais área e mais comprimento de cais. O último desses anúncios aconteceu no último dia 1 de abril de 2015. Veja aqui. A área da Eco fica ao lado das instalações da Technip, NOV e Intermoor.

As obras no Açu estão sendo feitas pela construtora catarinense* Stein. Inicialmente, os serviços eram de terraplanagem e agora já avançam para outras etapas. Veja ao lado a área da Edison Chouest no Porto do Açu.

Com esta decisão finalmente, o Porto do Açu atingirá seu objetivo de ter uma base direta que presta serviços à Petrobras nos serviços de apoio às explorações offshore. Esse era um desejo antigo do empresário Eike Batista, desde quando lançou pela sua LLX, o projeto do terminal 2 do Porto do Açu. O contrato da Eco com a Petrobras começa a vigora ano que vem, por isso as obras terão que ser aceleradas e tem um prazo de vigência de 15 anos. Abaixo a matéria da revista Brasil Energia:

"Edison Chouest assina contrato com a Petrobras"
13/04/2015

"A Petrobras fechou contrato com a Edison Chouest para contratação de serviços portuários com a utilização de seis berços de atracação para atender a plataformas na Bacia de Campos. A assinatura do contrato ocorreu quase um ano depois da apresentação das propostas na concorrência, disputada também pela Triunfo, BSM e CPVV (Companhia Portuária Vila Velha).

A estatal não informa o valor do contrato, mas a oferta da, empresa grupo norte-americano, foi de aproximadamente US$ 2,5 bilhões. A duração do contrato, que começa a vigorar em 2016, é de 15 anos, com possibilidade de renovação pelo mesmo período.

No final do ano passado, a licitação chegou a ser suspensa pela Justiça de Macaé, atendendo a pedido da prefeitura do município, que alegava irregularidades no edital. No entanto, a Petrobras obteve liminar para dar sequência à concorrência.

A base de apoio da Edison Chouest está em construção no Porto do Açu, em São João da Barra (RJ). Com investimentos de R$ 950 milhões, a unidade poderá receber até 14 embarcações e tem operação prevista para o segundo semestre."


PS.: Atualizado às 23:02: Abaixo o vídeo de 5 minutos sobre a vista área do Porto do Açu feita nos primeiros dias agora de abril. Ele difere poucos dos demais disponibilizados mensalmente, mostrando as instalações do quebra-mar do terminal 1 e 2, assim como a instalação e a montagem das infraestruturas das empresas junto ao terminal 2 do Porto do Açu e da Ferroport, joint ventures entre a Prumo Logística Global S.A. controladora do Porto do Açu e da Anglo American mineradora.



PS.: Atualizado às 18:44 de 14/05/2015: Para corrigir a informação de que a empresa Construtura Stein está instalada no estado de Santa Catarina e não no Paraná.

12 comentários:

Anônimo disse...

Boa notícia para a região!

Anônimo disse...

essa empresa vai começar a contratar quando e como?

Anônimo disse...

Este contrato ainda não foi disponibilizado no site oficial no zona de contratos formalizados com a Petrobras. Por que será?

Anônimo disse...

Prezado Blogueiro, a construtora Stein é CATARINENSE e não PARANAENSE.. http://www.construtorastein.com.br/localizacao.php

Roberto Moraes disse...

Correção já feita sobre a localização da sede da Construtora Stein.

leonardo nunes de almeida disse...

E sobre as contratações ? Até agora ninguém divulgou nada !

Anônimo disse...

Infelizmente não veio para o Espirito Santo.

Paulo Roberto disse...

Bom dia ! E as firmas ja estao fichando pra trabalhar nessa obra e os piao vai ter direito a prano de saude e vale alimentaçao pra familia?

Paulo Roberto disse...

Bom dia! Ja estao fichando agora em 2016 para essa obra? e os piao vai ter direito a prano de saude e tudo ?

Anônimo disse...

Roberto você sabe onde está localizado o escritório da empresa Brasil Port em Campos?

Roberto Moraes disse...

NãO.

Roberto Moraes disse...

NãO.