sexta-feira, outubro 11, 2013

Consórcio Integra da OSX com Mendes Jr. estaria ameaçado de prosseguir se estruturando no Açu

Nesta quinta-feira (10/10) o blog recebeu diversas informações que confirmariam os problemas do consórcio que tem a participação de 49% da OSX e 51% da construtora mineira Mendes Jr.

O acordo que constituiu o consórcio tem (tinha) objetivo de montar duas plataformas (P-67 e P-70) numa encomenda da Sete Brasil para atender à Petrobras.

Inicialmente não havia definição de que estes serviços seriam feitos no Açu, numa área ao lado da unidade de Construção Naval (UCN-estaleiro) da OSX no Açu, cujas obras estão paralisadas.

Há pouco mais de três meses o consórcio contratou algumas pessoas no Açu. Segundo informações este número seria de 90 funcionários.

Os funcionários alegam que tudo estaria muito estranho, falta organização, não há estrutura de informática e aparentemente, nem planejamento. O ritmo seria muito lento e o comentário é de que está assim, porque a OSX não estaria cumprindo a sua parte no consórcio.

O blog também foi informado que o consórcio já estaria sofrendo pressões da Petrobras, em visitas de auditorias. Gerentes de projetos da estatal teriam sinalizado que se o cais e a área para a montagem dos módulos não ficarem prontos até dezembro, os projetos seriam levados para o estaleiro Rio Grande, no Rio Grande do Sul, de onde saiu há poucos dias atrás, a plataforma P-55, que foi lá montada.

Haveria um grande desânimo também na gerência, em alguns engenheiros que temem pelos desdobramentos e estariam procurando emprego em outros locais.

Para complementar as informações sobre o consórcio Integra, o blog foi informado que nesta quinta-feira, depois de três meses de atrasos nos pagamentos do serviço de transporte dos funcionários feitos em vans ele foi suspenso pela prestadora de serviços. O custo deste transporte não é alto, cerca de R$ 7 mil/mês, para atender a cerca de 90 funcionários, o que demonstraria que os problemas financeiros poderiam ser graves.

O blog recebeu ainda informações de trabalhadores outras informações e reclamações sobre relações de trabalho e direitos, como sobre pagamento de adicional de periculosidade, vale alimentação (que só seria pago aos supervisores), com os demais recebendo apenas o vale refeição e ainda reclamações sobre a representação sindical.

O blog abre espaço para que representantes do Consórcio Integra possam se manifestar sobre as informações e reclamações que chegaram ao blog sobre a realidade no Açu. A conferir!

7 comentários:

Rafael Paes disse...

Caros roberto alguma informações que o Sr colocou são bem divergente exemplo
para você legar 90 trabalhadores e necessário pelo menos dois onibus de 45 lugares e o valor por mês de cada veiculo de Campos para o Açu e de 17 mil reais e sendo dois serriam de 34 mil então mesmo se fosse Van ficaria mais caro que onibus e no caso eu trabalho em macaè e todo dia no meu ponto tem mais ou menos 5 funcionario do concorcio Integra e todos não vão de VAN e sim de onibus da empresa FIEL, e tenho visto essa semana todos os funcionarios subindo no onibus, então posso te dizer que o transporto parou está incorreta a informação pois vi a semana todo o pessoal la pegando o onibus e tenho visto isso a mais de 1 mês. Espero te ajudado.

Anônimo disse...

São cerca de 5 vans, cada uma deveria receber R$ 7.000,00/mês, cada van está com atraso em 21 mil reais, há outros tipos de transporte, por exemplo, a empresa Perfil (Limpeza) presta serviço para Integra e o transporte está normal, pois é feito pela empresa Opção. A Integra não trabalha apenas com o pessoal dela, existem subcontratadas. Acho que isso não ficou muito claro na matéria. Também espero ter ajudado.

Anônimo disse...

Caro Roberto gostaria de relatar que a empresa ENGESIQUE que faz a obras da TECHNIP no porto do açu não vem realizando pagamento aos seus fornecedores como de matérias e serviços se for feito um levantamento existe muitos títulos protestados na cidade de Campos pois varios fornecedores estão sem receber.

Anônimo disse...

Caro Roberto gostaria de relatar que a empresa ENGESIQUE que faz a obras da TECHNIP no porto do açu não vem realizando pagamento aos seus fornecedores como de matérias e serviços se for feito um levantamento existe muitos títulos protestados na cidade de Campos pois varios fornecedores estão sem receber.

Anônimo disse...

Ontem as as ações da OSX dispararam 32%. A OSX, Roberto, está se estruturando, renegociando suas dívidas e vai ficar um empresa enxuta e com um bom ativo. Tem tudo para decolar e desenvolver a região.

A OGX, semana que vem será decisiva. Eike está em Nova York Para detalhes finais da reestruturação financeira, deve sair do controle. Tubarão martelo deve começar a produzir em novembro. Tubarão azul ainda é um mistério, pois dizem especialistas que ali há muito óleo.

Aguardemos

ABC

Anônimo disse...

A íntegra está contratando? Ou tem previsão para contratar?

Jaldinei Silva disse...

Ney Sou eletricista f/c trabalho com montagens eletrica moro em Guarapari E.S me ajude entrar nessa empresa Integra