sexta-feira, julho 31, 2015

Campos tem 17,1 mil alunos matriculados no Ensino Superior

O número de matrículas em cursos presenciais no município de Campos dos Goytacazes, segundo os dados oficiais do Censo Inep/MEC de 2013, o último disponível, é de 17.164 alunos. Eles cursam uma das 11 instituições.

O número já foi maior há uma década quando explodiu a concessão de bolsas de estudos pelas prefeituras da região. Fora isso esse número é equilibrado, apesar da redução de alunos vindos de Macaé que acabaram substituídos por alunos de outros municípios das regiões Norte e Noroeste Fluminense e do sul capixaba.

Além disso, as cidades polos próximas de Campos, como Macaé-Rio das Ostras e Itaperuna foram aos poucos também se transformando em bases de ensino superior, o que é bom para a região como um todo, especialmente, se vinculado a algum tipo de pesquisa e extensão.

A instituição que possui mais alunos hoje em Campos tem 2.902 matrículas. As instituições públicas que oferecem matrículas de ensino superior no município somam um universo de 5.942 matrículas. Assim, elas atingem um universo de 35% do total das matrículas no município.

É bastante diversificada a oferta de cursos pelas 11 instituições (considerando a Fafic, FDC e FOC, como única, a Uniflu) instaladas em Campos. Há no total 54 diferentes cursos sendo ofertados, desde o tradicional Direito, Medicina e Engenharia (esta com oito diferentes modalidades), aos cursos de licenciatura e formação de professores, até os diversos cursos de tecnologia com duração entre 2 anos e 3 anos.

Na pós-graduação é possível estimar um número de 3 mil a 4 mil alunos por ano, o que eleva o número total de estudantes do ensino superior, junto da pós-graduação, em Campos, em torno de 20 mil matrículas.

Entre as sete instituições privadas ofertantes de cursos de nível superior em Campos há uma grande disputa de mercado, de forma especial em algumas graduações com mais demandas. O blog voltará ao tema mais adiante.

4 comentários:

Anônimo disse...

Bem menos q os 30 mil q falam. Professor, só a título de curiosidade e para comparação, publica quantos tem Macaé e Itaperuna.

Roberto Moraes disse...

Sim, já foi estimado este valor sempre somando com as matrículas da pós e nunca apenas a graduação.

Nesta próxima semana publicarei mais uma ou duas notas com estes números de matrículas na graduação em outras cidades do ERJ.

douglas da mata disse...

Dado grave.

Praticamente nos joga no campo da indigência intelectual.

Somos algo em torno de 468.000 habitantes, logo, 17 mil não dá 4% da população.

Considere que boa parte vem de fora (é só olhar as repúblicas e ônibus) e constataremos que também nesse índice, ainda que a oferta tenha crescido consideravelmente, esta cidade permanece pastando.

Antonio disse...

Uma pena que boa parte das pessoas formadas em Campos acabam saindo da região por não encontrarem emprego.

Costumo encontrar cada vez mais, pessoas formadas na região trabalhando no município do Rio.

Seria interessante um post, com quadro do total da população de Campos. Fui morar ai em 1994 e saí em 2008, tendo feito uma graduação e uma pós em Campos.

Enquanto estive ai, sempre ouvia falar que Campos tinha próximo de 500 mil habitantes, uma quantidade que ainda não chegou até hoje. É uma pena... Uma bela região, com possibilidade imensa de crescimento, visto a grande extensão territorial, a facilidade topográfica, por ser uma planíce e a possibilidade de ter mão de obra qualificada .

Torço muito pela região e acompanho sempre as postagens do blog.