segunda-feira, setembro 10, 2018

Barril do petróleo a US$ 5 na Bacia de Santos

Na última quinta-feira (6 set.), a Petrobras confirmou que o custo de extração de petróleo na Bacia de Santos pode atingir o mínimo valor de US$5/barril.

Quem acompanha o setor, sabia que era esperada esta redução paulatina de custos líquidos de extração na Bacia de Santos.

Estes custos líquidos excluem os valores das participações governamentais (royalties) e o custo do dinheiro para os investimentos.

A US$ 5 por barril esse custo é praticamente equivalente ao que a Arábia Saudita consegue na extração em seu subsolo no rico Oriente Médio.

Um colosso obtido pela estatal sem necessitar de players petroleiras. Um dos principais fatores que explicam os rumos que a política foi tomando no Brasil que assim segue tropeçando num processo eleitoral crivado de vícios e interesses.

3 comentários:

jorge miguel caliman disse...

Se não me engano esse seria o custo de extrair o petróleo apenas... cabe adicionar o through put pra processar o petróleo nos navios plataforma e depois conduzi-lo até as refinarias ne!!! Apesar disso, um preço muito atrativo !!!

Roberto Moraes disse...

Até onde sei sim, o custo da extração, sem processamento, transporte, participações governamentais e custo do dinheiro. Como também é computado mundo afora. O transporte (circulação ou midi-stream) é sempre outros custos e tem relação com onde o mesmo é transformado (beneficiado) para depois ser distribuído como combustível ou outros derivados para ser reprocessado em nova etapa industrial. Um custo líquido colossal e muito - mas muito mesmo - distinto do que muitos atribuíam quando da descoberta destas reservas.

Roberto Moraes disse...

https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1LM3BW-OBRBS