quarta-feira, junho 29, 2016

Com redução do dólar, a dívida da Petrobras cai a bagatela de R$ 60 bilhões

Não está na mídia comercial, mas não me surpreenderei, se daqui a pouco atribuírem o fato, à gestão do Pedro Parente, na estatal.

Com o quado internacional e as mudanças cambiais dos últimos dias, numa conta por alto, a dívida da Petrobras caiu a bagatela de R$ 60 bilhões.

Isso equivale só a 275 milhões de barris de petróleo, cotado agora, a US$ 50,64, o barril.

Por aí se vê porque têm tanta pressa para vender mesmo os "ativos" estratégicos.

É que a justificativa da dívida, por conta do dólar tem apelo, mas é argumento frágil, em meio à uma análise, mesmo que estritamente financeira. 

Até porque o caixa da Petrobras é relativamente alto com o seu lucro sendo mais pautado, com a venda de derivados de petróleo no mercado interno, que está no momento, numa ótima relação entre custo de produção e valor de venda no mercado. Assim, a dívida líquida se torna ainda menor.

4 comentários:

Anônimo disse...

Essa eu tive de fotografar a tela, porque a galera da mesa vai achar que é sacanagem minha...kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

A dívida líquida reportada pelo sr. Bendine (vulgo apagador de rastros ilícitos) saiu de:

R$ 369.508.000.000,00 líquidos para "meros" R$ 60 bilhões?

Quero Roberto Moraes para Ministro da Fazenda! Esse é o próximo Nobel de economia... kkkkkk

Roberto Moraes disse...

O sujeito além de golpista não consegue interpretar nada a não ser repetir a grobo, veja e estas baboseiras.

Qq um que leia a nota e não seja "obtuso" entende que o que está escrito e manchetado é que a dívida caiu a bagatela de R$ 60 bilhões. E não "para".

E eu, com tanta coisa para fazer, ainda perco tempo com esta turma.

Vá lá ler a lição do dia da grobo.

É duro demais!

Márcio disse...

O cara é tão imbecil que tem medo de aparecer, e publica essas baboseiras de forma anônima.

Giancarlo Silva Dias disse...

http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2016/06/a-midia-fala-do-filho-da-nora-da.html?m=1

Sérgio Moro tsc,tsc, tsc...