segunda-feira, outubro 27, 2008

Abstenção ontem foi equivalente ao do 2° turno de 2004

Os grandes números se aproximam, como já nos ensinavam, os antigos professores de aritmética. Ao contrário do que se anda falando pela cidade, a abstenção de ontem, foi muito próxima do que havia sido, na eleição de segundo turno de 2004 em Campos. Ontem a abstenção foi de 17,8%. Em números absolutos, exatos 57.521 eleitores que não compareceram às urnas. Em 2004, a abstenção havia sido de 16,7%, ou, em números absolutos 50.754 eleitores.

6 comentários:

MauricioFAEZ disse...

Professor, levando em conta que nao somos tao itinerantes (como a populaçao de macae e rio das ostras, por exemplo) e nossas praias nao sao tao colossais assim que façam valer um dia nelas so pra dizer que matou a eleiçao, o que o sr acha que se deve esse numero tao brutal?

Cristo! estamos falando de 57 mil votos!! Campista foi ao segundo turno em 2004 com 60!!!!!!!! É um "outro" candidato. O que sera isso? Quem sao essas "fiéis" pessoas? Boias frias? petroleiros? analfabetos?

!!!

Anônimo disse...

ome corrijam se eu tiver enganado:

Sao cerca de 320 mil eleitores em Campos? 135 votaram em rosinha, 113 em Arnaldo, 57 mil absteram, teve ainda 15 mil nulos? Cruzes. Nossa população nao é de 430 mil habitantes?

So temos 110 mil crianças com menos de 16 anos?

E seria resposta ao comentario de cima que esses 50 mil abstensos somam menores de 18 anos que ja tem titulo - mas sao minoria: ninguem se dá ao trabalho de tirar o titulo com 16 anos pra nao ir - e idosos - além dos falecidos, viajantes e embarcados.

mas ainda assim, tbm acho q quase 60 mil é mt gente.

Flávio Mussa Tavares disse...

Caros amigos da blogosfera,




Estou usando este espaço para entrar num período de voto de silêncio a respeito de política, resumindo as mihas postagens à visão espiritualista dos problemas sociais , econômicos e psicológicos.




O voto é por tempo indeterminado e não se restringe apenas à blogosfera, mas a toda a forma conhecida de comunicação inter-humana.




Não é preciso ninguém preocupar-se, que não é nada pessoal.
É entre mim e Deus.




Aproveito o ensejo para pedir que todos com quem travei qualquer diálogo menos amistoso que me perdoe a impulsividade.




A hora é de paciência, que é a ciência da paz.

Mauricio disse...

ok. relamente faz sntido a conta de idosos, ENFERMOS (nao citados), etc. etc.

mas com 3 eleiçoes "out" o titulo de eleitor nao é cancelado? ou eu to viajando?

Manoel Caetano disse...

Na minha opinião os índices de abstensão estão dentro da normalidade.

Também acho que o ideal seria uma participação maior da população. No Rio, por exemplo, mais de 1 milhão de eleitores não votaram, isto é lamentável!

Agora, concluir que os pouco mais de 5o mil eleitores que não votaram em Campos são contra Rosinha e Arnaldo, ao meu ver, é um equivoco. Com certeza existe de tudo neste grupo: pessoas em serviço fora do município (meu irmão por exemplo é policial rodoviario e estava de serviço em Macaé); pessoas viajando, pessoas internadas etc.

Anônimo disse...

Notícia fresca!!

Expectativa na cidade
O sempre antenado Ricardo André traz em seu blog que o ainda prefeito Alexandre Mocaiber vai conceder entrevista coletiva às 16h30, na sede do Museu Olavo Cardoso. Resta aguardar para sabermos se os rumores de sua renúncia vão ou não se confirmar.
E eu que pensei que com o fim das eleições as coisas fossem se acalmar....