sábado, janeiro 02, 2016

Entre 2009 e 2016, a PMCG reajustou as tarifas de água e esgoto em 101% x 47% de inflação: "uma mão lava a outra?"

O meu amigo professor José Carlos Salomão, há muitos anos acompanha as correções das tarifas de água e esgoto, praticada no município de Campos dos Goytacazes.

Neste período temos questionado esta generosidade com a concessionária Águas do Paraíba e também comparado com as tarifas cobradas pela Cedae em outros municípios fluminenses, onde ainda opera os serviços de saneamento, incluindo a capital, o Rio de Janeiro. Veja postagem sobre o assunto em 2012 (aqui), 2013 (aqui) e 2014 (aqui).

Aqui, em maio de 2015 o o blog publicou uma nova nota, com dados do "Ranking Brasil" do Instituto Trata Brasil a partir de estatísticas do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), que está vinculado à Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades que mostraram que o município de Campos tem a maior tarifa do estado e a 8ª maior do Brasil.

No dia 31 de dezembro o professor Salomão publicou em seu perfil no Facebook, a informação sobre o último reajuste que a PMCG concedeu à Águas do Paraíba: "a prefeita Rosinha, em seus 2 mandatos (2009 até 2016), foi extremamente generosa com a concessionária Águas do Paraíba. Em 2009 o valor do metro cúbico de água cobrado pela concessionária era de R$1,59, mesmo valor para o m³ de esgoto.

Para o ano de 2016 foi autorizado pela PMCG (D.O. 30/12/15 - pág. 21) o valor de R$ 3,199 para o metro cúbico de água e do esgoto a ser cobrado pela concessionária.

Uma variação entre 2009 e 2016 de 101,2%, contra uma inflação no mesmo período de 47,48% (IPCA). Com a queda de arrecadação do município e notícias que não haveriam grandes shows no Farol neste verão, tudo resolvido: Uma mão lava a outra.
"

5 comentários:

Anônimo disse...

Tem o chafariz

NATHAN CATHARINA PINTO disse...

Esse abuso, criou uma forma de IMPOSTO DA ÁGUA. A diferença, vai pro bolso de alguém! Quem é o felizardo, caro Dr. ROBERTO? O pior ainda, é cobrança pela tarifa mínima de imóveis comerciais fechados por efeito da desastrosa administração municipal, principalmente no centro. Pagam absurdos sem consumir. Uma verdadeira extorsão! Um abuso contra os consumidores que NÃO CONSOMEM! Quem poderá nos livrar dessa injustiça?!!!

douglas da mata disse...

É só ler o Velho pelo olhar de Harvey, está aí a materialização do Estado-finança.

O resto é perfumaria.

Ainda não lhe agradeci adequadamente por ter me apresentado o Enigma do Capital.

Roberto Moraes disse...

Verdade Douglas.

Abs.

Anônimo disse...

Esse contrato da prefeitura com a águas do paraíba é uma vergonha. As tarifas são caras e os serviços são ruins. Muita gente fala e questiona nas "tribunas", mas na prática nada muda.