terça-feira, agosto 11, 2009

Folha da Manhã tenta censurar este blog!

O blog prova a seus leitores que o processo movido pela Folha da Manhã contra este blog, tem na sua origem, a ameaça contra toda a Rede Blog. A rede construída em Campos tornou-se alternativa à imprensa local e isto ela não aceita. Na verdade, a população não deseja imparcialidade, o que ela não aceita é a sua manipulação, por isso, deseja ter acesso a mais informações e opiniões para tirar daí, as suas conclusões. Assim a Rede Blog contruiu o seu espaço e hoje faz sucesso. Esta perda de uma pretéria referência é que o impresso não aceita, por isso, tenta calar os que têm independência para informar e opinar. Simultaneamente em estratégia seqüencial, ela cria um grupo próprio de blogs na tentativa de dividir espaços, com a verdadeira Rede Blog que foi se consolidando, em meio às imensas diferenças e que foi apostando no debate e no enfrentamento das contradições, concepções e opiniões de forma democrática, plural e ampla. Por tudo isso, a busca que a população da nossa região, especialmente a campista, hoje faz para ter acesso a mais, e variadas informações e opiniões, é na verdade, por si só, um baita avanço, em relação à passividade da leitura de supostas “verdades”, irmã siamesa, de supostas “mentiras”. Quando o blog diz que o objetivo principal é a censura, o que é incrível em se tratando de uma mídia que deveria defender a liberdade de opinião, ele justifica esta opinião baseada no que consta da inicial do processo, quando a Autora, solicita ao Juízo, uma liminar para impedir divulgação de comentários sobre a autora no blog. Literalmente, o pedido foi assim descrito no processo: "a concessão de medida liminar, determinando sejam retirados os comentários do blog do réu e que este se abstenha de autorizar a veiculação de qualquer comentário ofensivo a Autora". Se isto não é censura o que será? Quem definirá o que é ou não ofensivo? Dizer que o jornal não diz a verdade é ofensivo? Para ele sim. Os verdadeiros órgãos de imprensa chegam a defender que na dúvida, deve-se decidir pró-réu, desde que seja a favor da liberdade de expressão. Mais, com esta ação judicial agora divulgada, o blog explica a série de matérias e notas do jornal contra o blogueiro entre abril e maio deste ano. Na oportunidade, o blog já informava que o jornal usava o IFF (ex-Cefet) como argumento das matérias, quando na verdade, o que o jornal pretendia era atingir o blog e toda esta Rede Blog na sua atuação livre. Esta argumentação se sustenta na data da entrada deste processo em 23 de janeiro deste ano. Ou seja, antes das matérias, o jornal já manifestava o interesse em calar o blog, seja pela via judicial, seja pela pressão contra, usando para isto o seu veículo de mídia. Nele, o jornal disse o que quis do blogueiro, mas, no blog rejeita qualquer comentário, que não seja de elogios. Muito menos questionamentos. O blog, na ocasião poderia processar o jornal, mas fez opção pelo debate usando o espaço deste blog, como trincehira não editorizalizada pelo jornal, que já havia resumido o que desejava e ampliado o destaque na ênfase escolhida nas matérias da ocasião. Assim, o jornal iludiu seus leitores falando de algo com interesses diferente da matéria. Isto é o que o leitor tem deixado claro que não deseja. Esta foi a forma como o jornal, fugiu de mais este debate, como nenhum outro, jamais faria: pela porta dos fundos! PS.: Dentro em breve o blog disponibilizará todo o processo aqui na internet para que os leitores possam acompanhar seus desdobramentos e a incrível história de um órgão de mídia que tenta censurar opinião alheia. PS.2: Atualizado às 16:55 e 17:24 para ligeiras alterações e ampliação do texto original.

15 comentários:

Fabiano disse...

Estamos mobilizando a Rede Blog para a realização de um grande ato em defesa da liberdade de expressão e pela não censura aos blogs através de ações judiciais ou outros mecanismos que atentem contra a democratização do acesso a informação, um dos preceitos que regem os blogs da nossa região.
O blog do Sepé é contra toda forma de censura!

Gustavo Carvalho disse...

Caro Roberto, nós da equipe do Blog de Fábio Siqueira estamos contigo para o que der e vier! O seu Blog é o mais importante e qualificado veículo de opinião e arena de debate da sociedade civil campista. Por isso tudo os seu Blog torna-se insuportável para os donos da "opinião publicada". Além de ser espaço para a vida inteligente de Campos, o valor inestimável desse espaço está no cultivo elegante e equilibrado da liberdade como valor universal.
"Sigamos em frente"!

ana claudia disse...

Muito triste!
Faleceu hoje a fonoaudiologa Maria Candida 52 anos com gripe suina, ela é esposa do pediatra Dr Marianto.
Meus sentimentos...

blogueiro desocupado disse...

Caro Roberto, nós da Naçâo Goytacá e Associação dos Blogueiros Desocupados, seja e que assunto ou situação qualquer que seja: Decretamos : Censura Nunca Mais. Vamos em frente:
grande abraço
Artur Gomes
http://goytacity.blogspot.com

Flávio Mussa Tavares disse...

O ataque ao amigo Roberto Moraes

Conheci o Roberto Moraes na infância, pois fomos colegas de curso primário. Desde então uma amizade que era uma hernça da amizade de nossos pais, Clóvis Tavares e Joêmio Pessanha, permanece viva.

O trabalho de informação ética e saudável que Roberto vem fazendo em Campos criou uma série de conjunções que resultaram entre outras coisas na Rede Blog, capitaneada pelo nosso amigo Vítor Menezes.

É extremamente melancólico assitir a esse triste episódio que assume a forma de uma ação judicial em que um veículo de oponião pública outrora respeitável, se entrega agora, denunciando publcamente o seu ocaso existencial e sua degradação moral, ética e social.

Triste fim de um jornal. Meus pêsames a esta "folha seca", que não é o drible de Didi, mas os restos mortais do que já foi um diário matutino respeitável de nossa cidade.

Walnize disse...

Impossível ficar passível!
Solidaridade!

WAlnize Carvalho

Anônimo disse...

Professor!
Parou de postar suas notícias por quê?
Quem não deve não teme!
Não foi o sr. que disse a verdade.
Veja a Lei de Imprensa. A sua responsabilidade nada mais é do que publicar uma nota e informá-la ao povo, e aos seus leitores. Mesmo que o sr. se equivoque em alguns casos.
Mas quanto a uma frase dita por um missivista em seu blog, o sr. não tem responsabilidade, já que é uma opinião pessoal de um cidadão indignado com a falsa imprensa que existe em Campos.
Sou Jornalista, com J maiúsculo, porque tive bons mestres para o exercício da minha profissão, a começar por meu pai.
Não concordo com a política editorialista de nenhum desses jornais.
Só que desejo deixar bem claro, levante a cabeça, porque os desesperados são eles.
O sr. tem um nome a zelar, e já provou isso para muitos leitores de bloggers.
Eu tenho acesso a uma senha que me dá o direito de ler aquele jornal asqueroso. Mas quando ligo meu computador, vejo em primeiro lugar, os meus e-mails, e depois o seu blog e o blog do Xacal, para ver como anda as coisas na cidade.
Siga em frente!
Não desanime!
Acredite piamente que o sr. está fazendo um grande benefício para muitos campistas, e certamente Deus estará contigo.
Um grande abraço.

Edison Correa da Rocha disse...

A ditadura acabou e junto com ela a censura ao direito da informação responsável a que todos nos temos direito,é o que toda a rede blog se propõe.E quando nos deparamos com uma arbitrariedade dessa,a qual A FOLHA esta querendo nos impor,temos que demonstrar toda a nossa indignação.
Força professor,estamos contigo.

zebulom disse...

Penso que o Roberto Moraes deve se sentir agora vitorioso. Quando levantam questões quanto ao nosso caráter a ponto de vir um processo parar em nossa mesa, devemos agradecer a Deus a oportunidade de sermos isca para atrair os mentirosos.

Os jornais podem usar de muitas artimanhas para deixar no ar vidas que estão longe de serem caráter duvidosos, mas esses mesmos jornais não vêm em Manchete desfazer as denúncias injustas e mentirosas.

Sinto emm meu espírito que muitas pessoas serão iscas para desmascarar os mentirosos, manipuladores, falsificadores, bajuladores, em buca de poder que mais oprime que liberta.

A Luz expõe as trevas. Campos está exposta e que Campos procure, urgente, o arrependimento de obras mortas, pois o efeito dominó já começou.
É isso.

Acorda Brasil!Acorda Mídia! Acorda Governantes! Acorda População! Acordemos todos nós!

Caminhe Roberto Moraes
Deixe-se ser isca.

Rosângela

Anônimo disse...

Explorar sexo através dos anúncios classificados pode!!!!!!!!!!!!
Discordar jamaisss!!!!!!!!!!!!!!!!
Mas é muita hipocrisia!!!
Estamos juntos com você professor!
Censura nunca mais!!!!!!!!!!!
Mariana Arêas

Prof. Isaac Esqueff disse...

Professor Roberto Moraes e amigos do blog:

Olha, sem querer falar muito, suponhamos que todos montem seus blogs e coloquem em palta nos mesmos a linha editorialista que tens feito até hoje.

O que ocorrerá?

Todos serão censurados ou processados?

Vejo que hoje, os blogs representam sim, grande ameaça à mídia impressa, pela possibilidade de acesso rápido e barato às informações e isso, é a grande fonte da ruptura com o modelo antigo de acesso à informação.

Abraços e força, pois apoio a tí é o que não faltará.

Yuri Amaral disse...

Era só o que faltava.

Bem, no fundo, a ação promovida pela Folha da Manhã apenas evidencia seu provincianismo e sua pseudo-imparcialidade. Nada de novo.

Sérgio Provisano disse...

Alguma coisa deve ser feita sim, criar-se talvez uma campanha pela Liberdade de Expressão, Ampla, Geral e Irrestrita, nos moldes como foi a da Anistia.

Acho mesmo que a ação proposta pelo jornal Folha da Manhã, dará como os burros n'água, não vejo em tese, consistência para progredir. Claro que só com mais dados é que poderemos fazer um juízo de valor mais detalhado, mas pela postagem do professor Roberto Moraes, tudo caminha para que a mesma, a ação, seja julgada improcedente.

De toda a forma, o pano de fundo dessa questão, quer me parecer ser uma tentativa clara de amordaçar um espaço, claramente democrático como o é o blog do professor Roberto Moraes, que publica comentários independentemente dos mesmos alinharem-se ou não ao espírito central do tema proposto nos tópicos postados.

Isso, por si só, diminui de forma bem intensa, a credibilidade desse órgão de imprensa, que deveria pugnar sempre em prol da liberdade de expressão, bandeira que a imprensa livre deve sempre empunhar.

Críticas são normais em todo espaço democráticos e, confesso, não ter lido nos comentários publicados, nada que depreciasse a imagem do jornal. Alguns comentários podem ter sido mais duros porém nada de tão agressivo que justificassem a proposição de tal ação. Aliás, tal propositura servirá mais para desgastar a imagem do jornal no universo de formadores de opinião que integram a blogosfera.

Como bem registrou o professor Roberto Moraes ao postar um tópico sobre os cinco anos do seu blog onde ele pondera que apesar da maioria dos comentários ainda ser de anônimos, cada vez mais outros comentaristas começam a se identificar e assinar os comentários.

A ação proposta se refere ao conteúdo dos comentários e não sobre os tópicos. O que a empresa quer, na verdade, é imputar aos proprietários dos blogs, a responsabilidade sobre a opinião dos comentaristas. Entendo ser isso como forçar a barra, mesmo que os comentários sejam anônimos, uma característica normal dos blogs em geral, não dá para passar, pura e simplesmente a responsabilidade sobre a opinião de terceiros.

Vou sugerir à todos os blogueiros que coloquem em destaque, o mesmo que os órgão de imprensa costumam colocar quando querem se isentar de qualquer cobrança posterior, o seguinte: ESSE BLOG NÃO SE RESPONSABILIZA POR QUALQUER OPINIÃO EMITIDA POR SEUS COMENTARISTAS.

Claudio Kezen disse...

Caro Roberto:

Com algum atraso, e me desculpo por isso, venho me solidarizar com você e seu blog neste momento onde velhas e conhecidas forças do atraso e do obscurantismo na nossa cidade tentam calar a sua voz.

Todos conhecemos os métodos provincianos, odiosos e oportunistas deste grupo, porém não imaginávamos que a sede de monopólio da informação dessa gente fosse tão desmesurada.

Eles pensam, como muita gente, que Campos é um feudo de sua (deles) propriedade e não admitem que alguém se "atreva" a questioná-los.

Não acredito que juiz algum, em pleno poder das suas faculdades mentais, leve adiante esta bobagem, que além de inconstitucional é passível de reparação a seu favor.

Torço sinceramente para que o bom senso e a livre circulação de opiniões e pensamentos não sejam algemados na nossa blogosfera.

Além de torcer, sugiro um bom advogado para travar este embate jurídico que promete ser didático para todos nós, no sentido de desnudar os interesses de um diário que é a vitrine do provincianismo e do atraso na nossa região.

Claudio Kezen

leandro disse...

É lamentável que nos tempos hodiernos haja atitude como esta . Um veículo de comunicação que luta tanto pela liberdade de expressão, na prática tem um ato de censura implícita. Trata-se de um completo paradoxo e seria cômico se não fosse tão sério. os amantes da liberdade de opinião nao podem calar-se. Censura Jamais!