sábado, agosto 16, 2014

Traçado do contorno da BR-101 em Campos

Veja abaixo num vídeo de cerca de três minutos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o novo traçado que a BR-101 terá em Campos, quando o contorno da área urbana for concluído, num prazo de três anos previsto pela Agência para a concessionária Autopista Fluminense, responsável pelas obras.

É oportuno relembrar que o trecho que vai desta nova interseção para o contorno em Ibitioca, passando pelas localidades de Ururaí e Tapera até Campos pelo Shopping estrada onde está a rodoviária intermunicipal e interestadual do município, passa a ser uma via estadual/municipal, portanto com nova responsabilidade de manutenção e adequação.

Certamente, também será alterada a localização do posto da Polícia Rodoviária Federal, hoje situado em frente à fazenda Lagamar, próximo à entrada da estrada (RJ-178/RJ-180) que liga Campos ao distrito de Dores de Macabu e ao município de Quissamã.

Assim, o município ganha uma nova fronteira de expansão urbana que deverá ocupada com interesses do setor imobiliário do município. Se somarmos este fato à expansão da fronteira em direção à RJ-216, Goytacazes, Baixa Grande e Farol de São Tomé. Mais, a fronteira também leste, em direção à SJB pela BR-356, pelas localidades de Martins Lage, Barcelos e Cajueiro, se observa um avançado processo de conurbação entre as áreas urbanizadas destas localizadas, com a urbanização central na sede do município em Campos.

Mais que nunca as perimetrais para dar acesso mais facilitado às extremidades destas fronteiras se tornam necessárias, para evitar o já complexo e adensado trânsito da área central, de ruas estreitas, que hoje já tem que dar conta de mais de 200 mil veículos licenciados (veja aqui).

A despeito das comunicações facilitadas pela internet, os tempos modernos exigem ampliados fluxos de pessoas entre os municípios regionais e da região metropolitana, o que aumenta enormemente a pressão sobre as vias urbanas.



PS.: Atualizado às 22:32 e 22:42.

6 comentários:

Anônimo disse...

Os três anos anos para conclusão da obra, passam a contar a partir de que data? Já existe data para inicio dessa obra? Já foram liberadas todas as licenças, ambientais e outras, necessárias para o inicio das obras?
O senhor tem essas informações?

Alexandre disse...

Boa noite professor. Não consegui visualizar bem no vídeo, mas pelo que percebi o novo traçado irá sair antes de Travessão, sentido Vitória, e não depois. É isso mesmo?

Atte,

Alexandre Faísca

Anônimo disse...

Não é exatamente o mesmo vídeo divulgado antes no blog Ponto de Vista, do Christiano Abreu Barbosa?

Roberto Moraes disse...

Não sei. Não leio esta página. Quem passou o link do vídeo ao blog foi um técnico do DNIT. A publicação no Youtube no link que me foi passado diz que a fonte é a ANTT a quem me referi nesta postagem.

Se a pretensão do comentário é trazer à tona a bobagem da primeira mão, que só interessa à mídia comercial que ganha dinheiro com a informação, perdeu seu tempo.

Aliás, é bom lembrar aos incautos que a informação é cada vez mais produzida a diversas mãos e cabeças, na circulação ela é modificada e aperfeiçoada e alguns bobos sem conteúdo, continuam na mesmice se julgando donos de informações para ganhar dinheiro com elas, ou com a cafetinagem que costumam praticar para faturar.

O blog tem como prática (há dez anos) citar as fontes da publicação quando a informação ou seu aperfeiçoamento, não são produzidas aqui. Confiram as postagens e confirmem.

Ao contrário o blog tem sido gerador de pautas em todo o tipo de mídia que ganha dinheiro com a informação sem que o blog seja citado. Em algumas redações isto é proibido é o que dizem jornalistas que ali trabalha,m e dizem que o blog é pauta diariamente.

Alguns para não dar muito na vista, esperam dois ou três dias para reproduzir com algumas mudanças as informações. Registro, mas não me importo com isto, até porque tenho procurado ser mais seletivo nas leituras e fontes.

Sds.

Anônimo disse...

Professor:

Como o senhor não lê o blog citado nos comentários aí em cima, no que o senhor não está perdendo quase nada, venho aqui trazer um parágrafo publicado lá. Não para escarnecer ou elogiar aquele blogueiro, cujo juízo de valor deve ser feito por cada leitor individualmente, mas antes para citar a fonte, a exemplo deste blog.

Pois bem, o parágrafo é da lavra do Christiano Barbosa (ou foi publicado em seu blog) e a nota fala do novo Shopping em Vila Velha:

"Estão presentes marcas como Outback, a primeira Decathlon do Espírito Santo, a primeira Wetzel´s Pretzels do país, Rock Burger, Subway, Kopenhagen, Burger King, Spoleto, McDonald´s, Farm, Saraiva Megastore, Le Biscuit, Imaginarium, Sunglass Hut e Boticário, entre outros."

O meu espanto nada tem a ver com uma eventual divergência entre blogueiros. Me causa espanto que das 15 marcas citadas, somente O Boticário tem nome em nossa língua. Todas as demais utilizam vocábulos em outros idiomas.

Que tristeza este senso quase comum de achar que para ser bom, tem que ter nome estrangeiro...

Anônimo disse...

Esse vídeo foi apresentado pela ANTT e Autopista Fluminense durante reunião participativa, número 27/2013, realizada na sede da Prefeitura, em julho do ano passado. Não é tão novidade assim. Aqui, a página da ANTT e o link para download do vídeo. http://www.antt.gov.br/index.php/content/view/22261/Reuniao_Participativa_n__27_2013.html